segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Barroqueiro e Barroquense dialogando - Episódio 03 / 11 - 2018

Imagem Arquivo JNV
- Barroquense: Bom Dia! 
- Barroqueiro: Oi bom dia! 
- Barroquense: Tá triste? 
- Barroqueiro: Não, não, pelo contrario, feliz em tá levando a minha vida sem submissão. Ganhando o meu independente de política. 
- Barroquense: Lá vem você com essas conversas, tú agora não deixa passar uma. 
- Barroqueiro: Nunca deixei passar nada, fui critico da gestão passada e estou sendo agora, já você se calou no passado, dizia que estava tudo ótimo e agora tá do mesmo jeito, achando tudo bom né. 
- Barroquense: E eu vou reclamar de que, o meu dinheiro é certo, num atrasa nem um dia. 
- Barroqueiro: Por isso que tem que fazer até campanha, sair de casa em casa? Tem gente que entre prefeito e sai prefeito e nunca deixa de ser situação. 
- Barroquense: Oxe, nós estamos felizes e queremos ajudar a eleger o melhor para a cidade. O que tem de errado nisso? 
- Barroqueiro: Entendo! Mas já que você quer o melhor para a cidade, vocês sabe me dizer quais os carros que rodam na prefeitura quem são alugados, pois me disseram que gastam mais de meio milhão por ano com aluguel, queria saber. 
- Barroquense: Nem sei e nem quero saber, importante é o meu no final de mês, isso a oposição que resolva, cadê que eles não fazem o trabalho deles. 
- Barroqueiro: A é né, mas se fizerem cobranças vocês vão pra rede social reclamar, dizer que é coisa de Paquetá. Mas agora tem seis vereadores, até o sobrinho do homem tá do lado contra (rsrsr). 
- Barroquense: De que adianta? Aconteceu o que demais? Rapaz quem tá no poder é quem manda. 
- Barroqueiro: Mas o poder é passageiro, o povo bota o povo tira.

(Aguardem os próximos capítulos) 

Dialogando / Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário