quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Eleições em Barrocas: Disputa por uma cadeira na Câmara tem 55 nomes, já para o executivo são duas candidaturas apenas (saiba mais)

Arquivo: JANV
A campanha eleitoral iniciou em 27 de setembro, neste ano com muitas mudanças no processo, como a redução de dias para a corrida em busca do voto (são apenas 45 dias) e a não realização de grandes eventos que geram aglomeração neste período de pandemia do novo coronavírus. Duas chapas foram registradas na disputa pelo executivo, Jai de Barrocas e Dida de Raimundo contra Almir de Maciel e Susu de Edilson. Já para o legislativo 55 nomes estão registrados no DivulgaCand, porém o número é inferior ao de 2016, apesar de ter duas cadeiras a mais em disputa. 

Pela legislação eleitoral, Barrocas atende o requisito populacional para abertura de duas novas cadeiras, ou seja, nesta eleição de 2020 o município passa dos atuais 9 para 11 vereadores em exercício. Dos eleitos de 2016, 8 disputam a reeleição, são eles: Adelson, Rupiado, Cenir, Guel, Jerry, Ivan, Kekeu e Tonho da Loja. Apenas Beto de Edilson não registrou candidatura. 

Pela situação a coligação "Barrocas Livre" liderada pela atual prefeito e candidato a reeleição Jai de Barrocas, com o vice-prefeito Dida de Raimundo da Farinha registrou com o Partido Social Democrata (PSD) e o Democratas (DEM) o total de 34 candidaturas, com 17 nomes para cada partido. 

A chapa "Barrocas de volta para o povo", encabeçado pelo ex-prefeito José Almir que tem como vice Susu de Edilson, na coligação do Partido dos Trabalhadores (PT) e Solidariedade (SD), registrou um número menor de candidatos, a começar pelo PT com 9 nomes e 12 candidatos do SD, totalizando 21 candidatos. 

Na Eleição de 2016, três chapas para prefeito foram apresentadas, na ocasião Jai de Barrocas e Dida, contra Tita de Roque e Joseval Mota, a terceira opção Dr. Narcisio e Gil Soares desistiram da disputa, não tendo a candidatura deferida. Naquela eleição, um número maior de candidatos a vereadores foi apresentado pelos grupos políticos, 75 nomes registraram candidatura para a vaga do legislativo, 20 a mais que neste ano de 2020. 

Desde da sua remancipação, apenas na primeira eleição em 2001, o município de Barrocas teve três candidatura na disputa até o dia da eleição, com três opções para o eleitor na urna.

Conheça abaixo, os nomes dos candidatos a vereador e vereadora por coligação e partido:

Coligação: "Barrocas de volta para o povo":

    Partido dos Trabalhadores: Adelson da saúde - Angélica Brito - Gerinaldo Moreira - Banha Nova Brasilia - Lorrayne - Maçu - Cenir - Rubem do Ônibus - Léo Celular.

     Solidariedade: Adaliane Matos, Jerry da Minação, Liu Dourado, Cleidinho da Caçamba, Mimi de Melquides, Kekeu de Dãozinho, Raimundo Doido, Júlio de Tinho, Conceição de Odajan, Zé Pelado, Ribemar Mota, Sinésio de Jovem.

Coligação: "Barrocas Livre":

    Democratas: Euzilândia da Saúde - Nilzete de Belinha - Aldo do Curralinho - Arrivan de Gelson da Farinha - Dr Antony - Danilo Telê - Rafinha - Luciana da Boa União - Demy do Rosário - Dilson do Alto Alegre - Fúbica da Minação - Miguel Carvalho - Marcílio da Lagoa Redonda - Tonho da loja Lima - Zé Inácio - Jânio - Iranice.

     Partido Social Democrata: Raquel da Ótica - Dani - Evandro Mota - Marizete Brito - Ryan de Bia Gago - Professor Ivan - Náia de Zé Luiz - Lai de Van de Pimba - Rupiado - Formigão - Paulo de Julinha - Dedé do Tanque das Pombas -  Baixinho do Ouricuri - Ernesto da Ipoeira - Valter da Saúde - Nem da Ambulância  - Gabriela de Garrincha.

Da Redação - Por Victor Santos / Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Publicar um comentário