quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Araci: Comunidade da Lagoa do Boi tem alto número de casos do contágio do rotavírus e um óbito confirmado

Foto: Reprodução G1

Na comunidade da Logoa do Boi em Araci, casos do rotavírus estão sendo confirmados, nesta semana mais sete das várias crianças que já passaram mal após beberem água foram hospitalizadas e diagnosticadas, segundo a Secretária de Saúde do Município. Além destes novos casos, neste mês dois adultos que foram internados com suspeita receberam o mesmo diagnóstico médico que foi divulgado no domingo (20). A principal suspeita era a água que abastece a localidade e há cerca de um ano ela estaria contaminada. A Embasa, que é responsável pelo fornecimento de água na região, apesar da suspeita, disse que os testes não apontaram contaminação. Assim, a prefeitura do município iniciou uma investigação com a suspeita que a caixa d’água usada no povoado estaria contaminada. 

Um óbito causado pelo rotavírus já foi confirmado, tendo como vítima foi um bebê de apenas 1 ano e 8 meses, que morreu no dia 9 de setembro. No mesmo dia, 15 crianças haviam sido internadas. Um inquérito policial foi aberto para apurar o caso. A principal causa da doença é pela ingestão de água ou alimentos contaminados pelo vírus, os principais sintomas apresentados por alguns destes moradores foi : vômitos, diarreia e dores abdominais. 

Desde os primeiros registros, amostras da água foram colhidas pela prefeitura e encaminhadas para serem examinadas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Salvador. Os resultados ainda não ficaram prontos. A prefeitura solicitou e a Embasa suspendeu o abastecimento de água na zona rural do município, até que se descubra o que causou os sintomas nos moradores. O abastecimento vem sendo feito através de carros-pipa do Exército.

@ Nossa Voz - Por Ana Clara com Informações do G1-Globo 

Sem comentários:

Publicar um comentário