quarta-feira, 23 de maio de 2018

Um veterano em plena forma. Aos 42 anos, Jeremias é um dos destaques do Grêmio do Povoado de Ladeira

Jeremias de Carvalho de Queiroz em pé, junto com demais jogadores do Grêmio - Foto: Reprodução
O dirigente e jogador Jeremias de Carvalho de Queiroz, 42 anos, segue contribuindo com o futebol no Povoado de Ladeira, terra onde nasceu e vive com a família na Zona Rural de Barrocas. Segundo o técnico João Firmo da Mota, 52 anos, conhecido como Dão do Toco Preto, o veterano Jeremias tem contribuído bastante com a equipe, tanto fora, como principalmente dentro de campo.

Jeremias continua como Presidente do time, mas é o treinador Dão que defini os atletas que entram em campo, e diante das ótimas atuações, Jeremias tá sempre sendo relacionado. Em campo, ele corre, marca, recupera a bola, da passes importantes e até marca gols, neste ano ele é o vice artilheiro do Grêmio, com 3 gols marcados. Assim ajudou o time a chegar nas quartas de finais do Campeonato Municipal.

Questionado sobre sua determinação, orgulhoso Jeremias respondeu: "Tá no sangue, é a força e o amor a sua comunidade, ao seu time, por isso tenho essa vontade essa determinação", afirmou o atual camisa 7 do Grêmio na temporada de 2018. Jeremias sempre vestiu a camisa 10, mas esse ano achou por bem da oportunidade a outro atleta, pensando em fortalecer o elenco.


O técnico Dão reconhece a importância do atleta, elogia sua atuação e até reprime aqueles que acham que ele já não tem espaço no time: "Alguns torcedores e até mesmo atletas, tem um pouco de preconceito com idade, eu já ouvi alguns jogadores falarem, [tira Jeremias que a idade dele não tá ajudando mais, porque ele pode tá atrapalhando a equipe]. Ao contrário, muito ao contrário, Jeremias é um guerreiro da minha equipe, é o vice artilheiro do meu time. Então eu quero que alguns torcedores que pensam assim, respeitem o atleta que já tem uma idade mais ou menos avançada, que não façam isso, que acaba desmotivando esses atletas. Vamos parabenizar ele por chegar nessa idade com o talento que ele tem" afirmou o treinador.

Sobre quando pretende parar, ou pendurar as chuteiras como se dizem na linguagem do futebol, Jeremias afirmou: "Quem vai dizer é o povo, os técnicos e o povo. Se Deus me dê vida e saúde, se eu tiver condições de tá lá jogando bem, eu vou tá lá em campo". Confiante na sua forma física, o craque ainda alertou sorridente: "Eu corro até mais que muitos novos que tem aí".

O Grêmio da Ladeira, no próximo domingo vai ao povoado de Lagoa da Cruz jogar a partida de volta contra a equipe da casa, no primeiro jogo a equipe perdeu na Ladeira por placar apertado, 0X1 Santa Cruz.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira / Colaborou João Firmo (Dão do Toco Preto)

Sem comentários:

Enviar um comentário