terça-feira, 29 de maio de 2018

No mercado clandestino, gasolina chega a ser comercializada por R$11 reais em Barrocas

Foto: Ilustrativa / Reprodução
Desde quando faltou a gasolina e demais derivados do petróleo nos postos de combustível da cidade,  surgem anúncios de venda nas redes sociais com preços exorbitantes. Nesta terça-feira (29), um homem ofertava 20 litros de gasolina ao preço de R$11,00 cada litro, quase três vezes o valor comercializado na bomba antes da paralisação, e que já era muito caro.

Em todo Brasil, o oportunismo de comerciantes que diante da escassez de alguns produtos, aproveitam da situação e inflacionam os preços, vem sendo bastante criticado e em alguns casos levaram a denúncias junto ao Procon. Mas no mercado informal a situação é ainda pior. 

"Galera um camarada acabou de mim passar um zap aqui, disse que tá com 20 litros de gasolina ali para retalhar, agora só vai retalhar a 11 reais, interessados mim chama no privado" informou o homem que logo mais alertou: "É estoque limitado, só tem 20 litros viu" disse em áudio espalhado através do WhatsApp..

Segundo relatos, a venda clandestina de gasolina em Barrocas vem sendo feita por pessoas que estocaram o combustível em casa e agora lucram com a venda irregular e com preços abusivos. Na cidade há casos de motociclistas que precisam do transporte para trabalhar, e como não acham a gasolina nos postos, para não parar, utilizam o chamado álcool de farmácia para abastecer. 

De acordo com a Polícia Militar, revender derivados de petróleo em desacordo com as normas estabelecidas é crime ambiental e a pena pode chegar a cinco anos.

Hoje a paralisação do caminhoneiros completa 9 dias.

@ Nossa Voz Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário