quarta-feira, 2 de maio de 2018

Entre os menores municípios do Território do Sisal, Barrocas e Teofilândia são os que mais arrecadam

Prédio Prefeitura de Teofilândia (acima). Prédio Prefeitura de Barrocas (abaixo)
Apesar das constantes reclamações dos prefeitos quando o assunto são as verbas públicas, numa breve consulta ao sistema de transparência, através do Banco do Brasil, os municípios de Barrocas e Teofilândia, são os que mais arrecadam entre os menores do Território do Sisal.

Nesse comparativo baseado nos números de abril, o município de Teofilândia foi o que mais arrecadou, seguido por Barrocas. Em Teofilândia do dia 1 de abril ao de 30 do mesmo mês, passaram pelas contas da Prefeitura R$2.984,718,05 (Dois milhões, novecentos e oitenta e quatro mil, setecentos e dezoito reais e cinco centavos). Já Barrocas recebeu no mesmo período, R$2.706,540,28 (Dois milhões, setecentos e seis mil, quinhentos e quarenta reais e vinte e oito centavos).

Em Teofilândia os servidores da educação protestam contra a redução salarial, em Barrocas até o momento os servidores municipais não receberam aumento salarial referente a 2018, e ainda esperam parte do pagamento do salário de dezembro de 2016 (parcelado).

Veja abaixo quanto receberam em Abril, os demais municípios com porte semelhante ou menores em termos populacionais.


Teofilândia: 2,984,718,05
Barrocas: 2,706,540,28

Biritinga: 2.413,211,09
Retirolândia:1.843,314,03

Candeal: 1.224,566,93
Ichu: 1.164,329,72
Lamarão: 1.336,363,54

Municípios com população abaixo dos 30 mil habitantes.

Fonte bb.com / Consulta realizada no dia 30 de abril às 14 horas.

@ Nossa Voz Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário