terça-feira, 29 de maio de 2018

Barrocas: Praça da Matriz ganha bandeirolas em verde e amarelo, é o São João em clima de Copa do Mundo.



O São João de Barrocas como sempre terá animação garantida, são boas as expectativas para os festejos juninos. Famílias em volta das fogueiras, os rojões, os chuveirinhos, as comidas típicas e até o milho da terra sendo assado nas brasas, o licor caseiro tradicional, bolo e amendoim consumidos com muito gosto. Os shows na praça, os rapas nos povoados, e depois de tudo isso, tem o São Pedro com quadrilha maluca. Vai ser 'bao demais'!

Já para a Copa do Mundo de Futebol, tudo anda meio 'frio', o país em crise, uma seleção de astros, a maioria dos craques jogando no estrangeiro, apenas três atuando no Brasil. Uma escalação que pouco sabem de cabeça, a camisa amarela ainda nas vitrines... contudo, a esperança do título que não foi conquista em casa, outra vez está renovada.

Depois dos protestos que ajudaram a retirar a Presidenta Dilma do cargo, (nem precisa dizer o que aconteceu logo após), depois do pato e dos paneleiros, as camisas da seleção já não são vistas com frequência, mesmo agora, a poucos dias do inicio do torneio. O verde e amarelo perdeu um pouco do seu brilho, parece, e talvez seja só impressão, que as pessoas estão com certo desconforto em vestir a camisa com o brasão da CBF. Tomara que passe logo, e que nos dias dos jogos do Brasil todos vibrem com a seleção canarinho vestido a rigor.

Hoje em dia, para a Copa as ruas já não são enfeitadas como antes, os vizinhos não se juntam para rachar as despesas, pendurar as bandeirinhas, pintar os meio fios. Talvez por culpa da crise, mas certamente também diz respeito ao momento do futebol. Os casos de corrupção, a falta de amor a camisa, os altos salários e a fama que acabam desorientando alguns jogadores. Lamentável para um país, o país do futebol, ainda bem que agora temos os heróis caminhoneiros, eles podem salvar a pátria das chuteiras.  

Então, sendo assim, vamos ficar com a animação do São João, é o nosso padroeiro, teremos vários dias de festa, festa sempre boa com copa ou sem copa, 'com temer ou sem temer'.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário