sábado, 7 de julho de 2018

Barrocas: Dona de Casa denuncia morte de mais um gato sob suspeita de envenenamento

Animal que morreu com suspeita de envenenamento - Foto: Reprodução
Desde a manhã da sexta-feira (06), que a senhora Marilene Pereira, 53 anos, sofre pela morte de mais um animal de estimação. Depois do caso, durante a noite ela não conseguiu dormir. Com esse já são quatro gatos mortos, sem contar os dos vizinhos, um deles durante o São João, todos sob a suspeita de envenenamento.

Na sexta-feira (06), antes de sair para o trabalho às 6h da manhã, Marilene deu ração ao felino, tempo depois o encontrou na rua, já sangrando: "Ele tava muito mal, vomitando sangue. Dei leite, cuidei mas ele acabou morrendo, sofreu muito o bichinho. Eu não aguentava ver ele ali, miando me olhando como se tivesse me pedindo: me ajude, me ajude" contou a senhora emocionada.

Marilene alerta para a venda de veneno no comércio: "Deveriam proibir a venda desses venenos" afirmou. Na segunda-feira (09) ela irá a Delegacia de Polícia Civil  de Barrocas registrar um boletim de ocorrência para que a Polícia investigue os casos.

Eu gosto, amo de coração criar os bichinhos e não vou parar não. Mas a gente fica preocupada, com medo pois me falaram que tem gente jogando bola, (mistura de carne com veneno e em alguns casos com vidros).

"Eu acho que a pessoa que faz isso é uma maldade, pois os bichos são inocentes, diante do que vi ontem passei mal" lamentou a denunciante.

Os casos acontecem na Rua Torquato Gomes, na região do Colégio Municipal, centro de Barrocas. Envenenar animais é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais. Nesta Lei consta que, quem praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é penalizado com detenção de três meses a um ano e multa.

@ Nossa Voz - Da Redação Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário