quinta-feira, 5 de julho de 2018

Barrocas: Gerinaldo Moreira deixa o PT e se filia ao PSOL para garantir candidatura a Deputado Estadual

Gerinaldo Moreira pré-candidato a Deputado Estadual - Foto Rubenilson Nogueira
Fundador do Partido dos Trabalhadores no município de Barrocas, ex-vereador com um mandato e presidente do partido por diversas vezes, Gerinaldo deixou a legenda em abril deste ano, porque segundo ele, não houve a possibilidade de incluir seu nome entre os que irão disputar em outubro uma vaga na Assembléia Legislativa da Bahia.

Apesar de ter deixado a legenda, o agora camarada (PSOL), em entrevista na Rádio A Nossa Voz na quarta-feira (04), afirmou que mantém boas relações com o Partido dos Trabalhadores no estado, chamou Rui Costa de nosso governador, protestou contra a 'prisão política' do ex-presidente Lula e anunciou que a parceria com o Deputado Federal Jorge Solla na região, está mantida devido aos benefícios que chegou a Barrocas através do parlamentar:

"O Deputado Federal Jorge Sola, é um parceiro das antigas, através dele conseguirmos os Postos de Saúde do Cedro e Santa Rosa, e outro na Praça da Bíblia. Reforma e ampliação do Hospital Municipal, Farmácia da Bahia e R$800 mil reais para ampliar e reformar os PSF's de Barreiras, Ladeira, Nova Brasília, Curralinho e Minação. Além de uma ambulância e todos equipamentos do hospital e posto do Cedro. Obtivemos recurso para comprar sete motos pra os Agentes de Endemias do município e do projeto Saúde em Movimento" lembrou.

Sobre a migração, Gerinaldo disse que foi bem recebido e se sentiu acolhido no Partido Socialismo e Liberdade: "Fui muito bem acolhido no PSOL, como camarada das antigas, como alguém da família, agora faço parte dessa família e militância de esquerda para um novo conceito de fazer política" afirmou.

O ex-vereador que não conseguiu se reeleger em 2016, fez criticas a administração do atual prefeito José Jailson, e disse que diante da insatisfação da população ele não dará a mesma quantidade de votos a Alan Sanches, conseguido pelo grupo do ex-prefeito José Almir, que em 2014 apoiou o parlamentar que agora está do outro lado.

Gerinaldo disse está confiante com sua eleição, segundo ele o PSOL não tem deputado eleito na disputa, e terá em média 200 candidatos buscando uma vaga na ALBA, assim somando todos acredita ser possível chegar aos 80 mil votos, número necessário para o partido garantir pelo menos uma cadeira. Ele espera ter uma boa votação ficando com essa vaga na 'proporcional'.


@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário