terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Bahia: Governador pede apoio da população e reforça proibição de festas; "Determinei máximo de rigor para impedir"

Foto: Paula Fróes/GOVBA
Em pronunciamento oficial nesta terça-feira (22), o governador Rui Costa (PT), alertou a população sobre a proibição de festas no final do ano e reforçou que as forças policiais utilizarão, se necessário, o máximo de rigor para impedir eventos. No dia 4 de dezembro, ele baixou um decreto no Diário Oficial proibindo a realização de qualquer evento neste período, independente da quantidade de pessoas presentes.

Rui explicou que a determinação é para frear a segunda onda da pandemia no estado baiano. O governador lembrou ainda que cerca de nove mil vidas já foram perdidas para o coronavírus: “A pandemia tornou este ano muito difícil e triste. Já são quase nove mil mortos na Bahia. Desde o início, trabalhamos incansavelmente tratando a pandemia como uma verdadeira guerra a ser vencida. A Bahia é o estado que mais investe em saúde e graças ao empenho dos nossos profissionais conseguimos salvar milhares de vida", afirmou.

“Já determinei às nossas forças policiais o máximo de rigor para impedir a realização de festas, na capital e no interior. Quero pedir o seu apoio: use máscara. Tenho fé que 2021 será o ano da vacina e da vitória”, continuou Rui Costa.


Conforme dados atualizados pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde às 11h33, a Bahia registrou 471.177 casos de infecção pela Covid-19 desde o início da pandemia. Desses, 10.707 seguem ativos.
Da Redação - Por Victor Santos

Sem comentários:

Publicar um comentário