quinta-feira, 24 de abril de 2014

Barrocas: Moradores do Povoado de Riacho Grande dizem que cachorra pariu um gato.


Mais um fato no mínimo inusitado ocorreu em um povoado da Zona Rural de Barrocas, dessa vez uma cadela apelidada de Vanessa supostamente deu cria a um Gato, ou melhor, uma Gata. 

Nossa equipe foi ao Povoado de Riacho Grande, especificamente no conjunto habitacional (Casas Populares), conferir a história, logo que chegamos ao perguntar foi aqui que... Alguém já complementava; que a cachorra pariu um gato? Foi! 

Fomos levados por um morador à residência de um rapaz conhecido por ‘Badogue’, ele é um dos donos da cachorra, já que vários moradores da localidade cuidam do animal, segundo 'Badogue' a cria tinha pelos, olhos, unhas e sua face era de gato.



Perguntado sobre o período de gestação da cadela ele nos contou; “Ela estava ‘barriguda’, na ultima vez que ela emprenhou infelizmente não sobreviveu nenhum, dessa vez ela pariu no mato e apenas um filhote veio com ela pra cá”. O rapaz disse ainda que a cadela preparou um local especialmente para receber sua cria e mesmo sendo um felino cuidou com muito carinho; “ela amamentava e estava sempre próximo, inclusive após sua morte ficou velando” disse.

Logo que o boato do nascimento se espalho, vizinhas foram ao local e ainda conseguiram ver a gatinha viva, algumas pessoas tiraram foto e fizeram até vídeos, uma criança que estava por perto afirmou; “Realmente era um gato, a cachorra pariu um  gatinho branco”.


Badogue disse lamentar a morte do filhote, para ele o felino iria sobreviver, mas não aconteceu como esperava. Perguntado sobre como a cachorra era tratada, ele falou amar a cadela e que inclusive reparte sua comido com ela; “ás vezes já fiquei até sem mim alimentar para dar de comer a ela (Vanessa), ela é muito querida e bem tratada por mim”. 

Infelizmente o único e estranho filhote da 'querida' cachorra, resistiu apenas  48 horas de vida, mas enquanto viveu teria aberto os olhos, mamado na cadela e caminhado normalmente antes de morrer. A cadela teria tido a cria entre a madrugada do domingo (20) para a segunda-feira (21).

Questionamos o morador se a cachorra vivi entre gatos, ele disse que no povoado tem muitos felinos, porém nunca presenciou uma ‘paquera’ do canino com gatos. Há quem diga que a cachorra pode ter encontrado o gato abandonado e por isso o adotou, porém os moradores afirmam que ela estava prenha e deu a luz a uma gata, pois se não fosse filho dela não pegaria;  "cachorros não gostam muito de gatos".

Jornal @ Nossa Voz - Por Victor Santos.

Sem comentários:

Enviar um comentário