quinta-feira, 23 de agosto de 2018

De volta ao candeeiro. Família barroquense vive sem energia elétrica a cerca de seis meses

Foto: Reprodução
A dona de casa Isabel Silva, 43 anos, moradora do Povoado de Alto da Porteira, teve sua energia cortada após segundo ela, enfrentar dificuldades financeiras em virtude de ter passado por problemas de saúde: "Ou eu comprava os remédios, ou pagava a energia" afirmou. 

Desempregada, desde então a barroquense vive à luz de candeeiros, pois não consegui pagar as contas junto a Companhia Elétrica, que já somam cerca de R$2 mil reais. O corte aconteceu no mês de Fevereiro, o parcelamento da divida pode ser da seguinte forma, entrada de R$600,00 e mais três parcelas de R$410,00: "Estou desempregada, vivo do dinheiro da Bolsa Família, não tenho como pagar esse valor da parcela", afirmou Isabel.

Nesta semana, Isabel que é mãe de 4 filhos, 2 deles vivendo com ela, iniciou uma campanha nas redes sociais, na tentativa de conseguir ajuda: 

"Olá meu nome é Isabel, moro em um povoado na cidade de Barrocas Bahia. Vim pedi que me ajudem a compartilhar esta mensagem para que alguém se sensibilize com minha história e me ajude. Alguns anos atrás, estava com problema de saúde tinha que escolher ou comprava remédio ou pagava as contas já que não tinha carteira assinada ou seja trabalho fixo. Eu recebo apenas a bolsa família, mas não é o suficiente. Então minha energia foi cortada há seis meses atrás e não tenho condições de religar, porque a dívida está muito alta" relatou em parte do texto publicado em seu perfil no Facebook através do celular de uma filha.

Em conversa com nossa equipe, a barroquense que está separada, disse ter esperanças de ser ajudada, pois passa por momento difícil. Isabel mora a cerca de 4 quilômetros da sede do município.

@ Nossa Voz - Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário