segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Barrocas: Suposta funcionária da Prefeitura diz que os R$1200 (reais) que recebe é pouco, segundo ela; "pior são os fantasmas que levam muito mais..."

Imagem Reprodução
No último sábado (17), uma suposta funcionária da Prefeitura Municipal de Barrocas, causou polêmica no Grupo Situação x Oposição na cidade de Serrinha. Em discussões políticas com integrante do grupo, a mulher revelou o quanto recebia por mês, porém não disse em que setor atuava, nem qual o serviço que prestava na Prefeitura: "Para que eu quero trabalho de Câmara, se eu tenho uma portaria de R$1.200,00 (mil e duzentos reais) em Barrocas. Eu hoje sou funcionária de Jai..." afirmou em parte do texto que foi compartilhado em outros grupos. (veja o print na íntegra abaixo).

Imagens Reprodução - Compartilhadas por Lucivânia Queiroz
Em seguida, questionada por um membro do grupo sobre o valor, em nova postagem a suposta funcionária disparou; "Moço, R$1.200 (reais) pra o que eu faço é pouco, pior são os fantasmas que levam muito mais e não aparecem no trabalho", afirmou aumentando a polêmica.

A barroquense Lucivânia Queiroz que também participa do grupo, compartilhou a informação em outros grupos e cobrou providências de vereadores do município: "...eu quero está semana que vem na Câmara Municipal de Barrocas, eu quero ver vocês aí pedindo a convocação da funcionária, porque prova tem, e lá no grupo tem mais..." afirmou, pedindo providências à vereador Maria Lucenir e do vereador Kekeu, após expor as conversas. Segundo Lucivânia, e suposta funcionária precisar dizer quem são esses fantasmas que levam muito mais e não aparecem no trabalho.

Imagens Reprodução - Compartilhadas por Lucivânia Queiroz
@ Nossa Voz da Redação - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário