sábado, 6 de setembro de 2014

Barrocas: Problemas na Saúde estiveram no centro das discussão na Sessão da Câmara de Vereadores


Na última sessão da Câmara de Vereadores de Barrocas, ocorrida no dia (4 de setembro) faltou foi tempo para os edis lançarem duras criticas a atual situação da saúde no município na gestão do Secretário Gerival Moreira irmão do vereador Gerinaldo do PT. 

O vereador João Luiz, conhecido como Dudinha, iniciou seu discurso falando sobre os agentes de combate a endemias e suas lutas, em seguida criticou a limpeza pública do município, segundo o vereador "os matos tomaram conta dos meios-fios em alguns povoados". Sobre a Saúde o edil lamentou o não funcionamento dos postos de saúde do município e a falta de material; “Quero falar sobre os postos de saúde, não só o da Minação como muitos outros, a tempos atrás a gente tinha dentistas para extração, para obturação, material para curativo, tudo isso existia...” porém a realidade de hoje é outro de acordo com o que relatou Dudinha, “...em Minação mesmo não tem, tem só os aparelhos lá, mas só que o Secretário de Saúde não diz o que tá acontecendo, porque o dentista não vai, eu tenho certeza que o dinheiro do PSF está vindo, Nova Brasília tem o dentista, mas só para extração, não tem para a obturação...”. O vereador falou ainda que recentemente trouxe um paciente para fazer um curativo no Hospital Municipal e não tinha material para o devido atendimento, por isso cobrou explicação.



Miguel Carvalho, conhecido como Guel, pediu desculpas pela ausência no dia da apresentação do projeto dos agentes, mas destacou a importância do trabalho realizado por eles no município. Sobre a saúde, o vereador teceu duras críticas, inclusive disse que vem sendo muito procurado pela população porque o sistema de saúde do município parou. Falou sobre o sistema odontológico e sobre os constantes problemas do CAPS “Foi tanta gente que eu recebi nesses 15 dias em minha casa com problema do CAPS, o CAPS não funciona, e não tem remédio, não tem médico, só tem uma vez por mês. Aí vamos ter que também dizer se consegue aprovar aqui uma lei proibindo o povo de adoecer fora desses dias que o médico vem...” e ironizou “...não pode adoecer antes do dia 26 porque só tem médico uma vez por mês no dia 26, num local onde pessoas especiais deveriam ser atendidas não tem médico. Quando o médico vêm, enche os pacientes de receita e não tem remédio. Tá difícil o município de Barrocas tá vivendo uma situação critica, muito critica na área de saúde aqui tá terrível, vamos ver pra onde tá indo o dinheiro que vem pra saúde” lamentou e questionou . 
Miguel contou que certo dia uma paciente estava na maca no HMB necessitando de atendimento e o médico se negou a atendê-la alegando que não estava recebendo, ou seja, falta de pagamento, o vereador protestou e condenou a atitude do profissional. Em outro episódio relatado pelo vereador, o problema foi relacionado as ambulância, segundo ele a que chegou a poucos dias já esta quebrada; "aquele que chegou e teve até foguete já está na UTI, parada", Miguel contou que uma pessoa do Bairro do Cedro precisou de atendimento, ligou para o Hospital e informaram que não havia ambulância, a paciente foi colocada num veículo particular, e ao chegar no Hospital os familiares constataram que haviam ambulâncias paradas no pátio.



O vereador Adelson da Saúde discursou brevemente em torno da instalação de redutores de velocidade, faixa de pedestre e placas de sinalização próximas a Escola Agenor de Freitas. Citou um acidente com uma criança em frente à Escola. “Na hora que os alunos estão chegando ou saindo os caros não respeitam...pessoas que tenham moto, carro ou qualquer veículo, quando passam num quebra mola ou cruzamento de rua passam correndo, os verdadeiros motoristas não fazem isso, colocando a vida do próximo em risco” denunciou. Adelson informou que o portão da escola será mudado para o lado do Posto de Saúde para evitar novos acidentes.

O Presidente da Câmara Eclécio Kekeu diante dos ‘ríspidos’ debates sobre Governo e Oposição no âmbito Federal e Estadual, com foco nas eleições disse; “Deixa o povo decidir o que é melhor para a Bahia e para o Brasil, pra mim o povo é quem decide”. O Edil apresentou as indicações dos colegas e d entre outros assuntos falou sobre o projeto dos agentes de endemias ;“Esse projeto que é uma luta incansável da classe de vocês, e por isso estamos felizes em está aqui em duas sessões para que haja legalidade para vocês receberem os vencimentos”. O vereador citou que Barrocas é um dos poucos municípios da Bahia que igualou o salário dos agentes de combate a endemia aos agentes de saúde na Bahia apesar da lei. 



Os Agentes de combate a endemias que recebem 766,00 + 20% de insalubridade terão o reajuste conforme lei federal para o piso salarial de 1.014,00 + 20% de insalubridade. Uma conquista bastante comemorada e, diga-se de passagem, merecia para a classe. 

O Vereador Gerinaldo diante das duras criticas à Saúde no município, não saiu em defesa do irmão Gerival, este preferiu a defesa dos governos do PT criticado principalmente pelo Vereador Antonio Ferreira e Miguel Carvalho. Gerinaldo defendeu Dilma e Wagner que segundo ele fizeram governos que nem se compara com os do passado, na segurança ele destacou as novas viaturas, armamentos e contratação de mais de 14 mil homens, muito mais que nos governos do DEM, mas parece  não ter se saído muito bem principalmente quando o tema foi a saúde, pois do outro lado estava Guel de Quinca, com anos de experiência na área e conhecedor das mazelas. Por fim ao se repreendido por Guel em relação ao atual sistema de Regulação que o petista havia destacado e dito que tinha acabado com as filas nos hospitais, Gerinaldo disse que o sistema precisava melhorar e preferiu Parabenizar o colega evitando novo debate.

O vereador Antonio conhecido como Tonho da Loja fez uma declaração bombástica, segundo ele além de faltar merenda nas escolas municipais como vem acontecendo com frequência, poderá faltar alimento no Hospital Municipal; “Da maneira que tá aí, pelo eu que conversei com o pessoal das empresas, se não for pago dessa semana para outra vai faltar merenda de uma vez por todas e vai faltar também comida no hospital. Não é porque a empresa não quer entregar, é por falta de pagamento” denunciou.

Com alguns vereadores excedendo o tempo limite dos pronunciamentos, e pedidos de 'aparte' o vereador e primeiro secretário José Inácio precisou em diversos momentos intervir na fala de alguns vereadores pedindo que concluíssem. O Presidente também tentou acalmar os nervos quando um vereador que fala enquanto um colega discursava, pedindo que para se manifestar o mesmo solicitasse da presidência o tempo necessário.

A 3ª Sessão Ordinária do 2º Período Legislativo foi produtiva não só pelas discussões, cobranças e declarações polêmica, foram feitas duas indicações e um projeto foi aprovado e outra apresentado, veja clicando abaixo; 




PARECER

Parecer da Comissão de Justiça e Redação e Parecer da Comissão de Finanças e Orçamento acerca do PROJETO DE LEI Nº 018/2014 - Atualiza o piso Básico salarial de todos os AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS, da rede municipal de saúde e dá outras providências.
PROJETOS

PROJETO DE LEI 019 DE 27 DE AGOSTO DE 2014 - Autoriza abertura de credito especial ao Orçamento Anual de 2014, na forma que indica e dá outras providências.
PROJETO DE LEI 020 DE 01 DE SETEMBRO DE 2014 – Estima a receita e fixa a despesa do Orçamento Anual do município de Barrocas para o Exercício Financeiro de 2015, e determina outras providências.

EXPEDIENTE DE VOTAÇÕES – ORDEM DO DIA

Primeira e única discussão e votação 

INDICAÇÕES
INDICAÇÃO Nº 025/ 2014 – Solicita construção de quebra-molas com sinalização e faixa de pedestre em frente a Escola Agenor de Freitas. (Autor: Ver. Adelson Queiroz Brito).

INDICAÇÃO Nº 026/ 2014 – Solicita complemento de pavimentação do Cedro até Terra Nova e do Cedro até a casa da Senhora Maú. (Autor: Ver. Miguel Carvalho de Queiroz).

Primeira discussão e votação 

PROJETO DE LEI Nº 018/2014 - Atualiza o piso Básico salarial de todos os AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS, da rede municipal de saúde e dá outras 

@ Nossa Voz - Da Redação - Colaborou Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário