segunda-feira, 13 de abril de 2020

"Brasileiro não sabe se escuta o ministro ou o presidente", afirmou o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta ao Fantástico

No município de Barrocas-BA não há casos confirmados do Covid-19 - Foto: Reprodução/TV Globo
No domingo (12), em entrevista exclusiva para o programa Fantástico da Rede Globo de Televisão, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, afirmou que diante das divergências nos discursos, o brasileiro fica em dúvida, não sabe se escuta o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, ou ele próprio, ao seguir em orientações para evitar a propagação do coronavírus Covid-19 que já matou milhares de pessoas pelo mundo. O total de óbitos no Brasil subiu para 1.223 de acordo com balanço do Ministério da Saúde. A Covid-19 provocou mais 99 mortes no pais apenas nas últimas 24 horas.

“Essa crise tem gente que a olha pela informação, pelo lado da cultura. O presidente olha pelo lado da economia. O Ministério da Saúde entende a economia, entende a cultura e educação, mas chama pelo lado de equilíbrio e proteção à vida. Eu espero que essa validação dos diferentes modelos de enfrentação possa ser comum e termos uma ala única, uma fala unificada. Porque isso leva pro brasileiro uma dubiedade. Ele não sabe se ele escuta o ministro da Saúde, se ele escuta o presidente, quem é que ele escuta”, afirmou Mandetta durante a entrevista.

O ministro também afirmou que o isolamento social nas últimas semanas ajudou a conter a transmissão e apelou aos brasileiros para que não desistam de cumprir as medidas: “Se iniciarmos precocemente uma movimentação, nos vamos voltar aquele mesmo padrão de onde você tinha um aumento dia a após dia o surgimento de brotes epidémicos (surtos)”. O presidente Bolsonaro em seus pronunciamentos, prega a reabertura imediata do comércio, ele próprio não cumpra o isolamento sugerido pelo Ministério da Saúde.


@ Nossa Voz - Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário