quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Biritinguense é a primeira jogadora transexual atuando profissionalmente no Brasil

Reprodução: Agência Brasil
A biritinguense Sheilla Souza, de 21 anos, se tornou a primeira mulher transexual a disputar uma partida profissional de futebol feminino no Brasil. Sheila já vinha atuando desde junho no Clube Desportiva Lusaca, que foi campeã do estadual 2017. Ela fez sua estreia no domingo (20).

A lateral Sheila Souza é natural de Biritinga, município localizado no Território do Sisal da Bahia, distante 154 km de Salvador. A Lusaca é uma equipe de Camaçari (BA), e se intitula um clube afro-brasileiro, com apenas atletas negras na equipe.

Leon Ferreira, diretor de imprensa e avaliador técnico da equipe, afirmou que o jogo marca o início de uma carreira vitoriosa da atleta: “Resolvemos dar a oportunidade pela sua história e luta de estar no futebol feminino e não receber oportunidades. Sheila agora faz parte da equipe e a expectativa é que a gente consiga lançar ela e seja o início de uma carreira muito vitoriosa“, afirmou.

A partida amistosa e também o último compromisso da Lusaca na temporada, foi disputada contra o Centro de Formação de Futebol da Bahia (CFFB) no estádio Pituaçu e marcou a estreia de Sheilla.
Da Redação @ Nossa Voz - Informações Esporte Interativo

Sem comentários:

Publicar um comentário