quinta-feira, 5 de março de 2015

Barrocas: Jovem que escapou de desabamento de marquise, fala sobre a tragédia.

Leninha e Ingredy
A tragédia que chocou o pequeno município de Barrocas no domingo dia 1 de março, poderia ter feito ainda mais vítimas, além do casal José Raimundo 49 anos e Maria Lucilene de 48 atingidos pela marquise, a jovem Ingredy Miranda de 17, estava no local e incrivelmente consegui se salvar.

Igredy, namorada do filho mais novo do casal, contou a nossa equipe que esteve próximo as vitimas no exato momento do desabamento, ela era a terceira pessoa sentada na frente da residencia, sem lembrar como conseguiu escapar, ainda muito abalada com o ocorrido ela considera ter sido um milagre esta viva. 

Era um domingo como qualquer outro, Ingredy e sua amiga e sogra Leninha passaram o domingo juntas, pela manhã participaram da missa na igreja católica, na parte da tarde visitaram um parente e retornaram para casa do casal. 'O clima dentro de casa era de alegria e descontração, muitas visitas no lar do casal demostravam o quanto família era bastante queria na cidade'. 

A família aguardava o retorno do jovem Reiniclan, namorado de Ingredy, que estava no Povoado de Alambique participando de uma partida de futebol, seu pai José Raimundo preocupado pediu que a namorada do jovem, ligasse para ele, mas não teve êxito, então decidiram aguardar pelo retorno do jovem. 

Ingredy afirma que não tem muitas recordações de como conseguiu escapar da marquise que desabou sobre o casal; “Não lembro nada, só que corri e acho que uma pedra bateu em minha coxa, me machucou e eu caí”. A cena do casal embaixo do concreto não sai da cabeça da jovem, ela chegou a relatar isso em seu perfil do facebook; "esta cena que não sai da minha cabeça". Ingredy contou que após levantar pediu ajuda aos vizinhos; “Comecei a gritar, ajudei a levantar Leninha e por ela numa cadeira, então começou a chegar muitas pessoas ajudando”. 

Para Ingredy, ter conseguido levantar e sair antes de ser atingida foi um milagre; "o Senhor me levantou e me deu tempo de sair , mais perdemos duas pessoas maravilhosas , estou sem palavras" relatou. Enquanto pessoas ajudavam a retirar a partes da marquise sobre Raimundo, vizinhos ligaram para o hospital solicitando uma ambulância para socorrer as vítimas. 

O senhor Orlando, vizinho da família disse que sua pequena filha de apenas 2 anos, minutos antes da marquise vir ao chão estava no colo da senhora Leninha, mas ele apanhou a criança para ir à igreja; “Foi diferença de minutos, quando chegamos na igreja já recebemos a notícia” relatou. 



@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário