terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Barrocas: Sidney Santos deixa Grupo Vaguinho & Cia depois de 18 anos como vocalista


Depois de 18 como vocalista do Vaguinho & Cia o músico Sidney Santos anunciou através do seu Facebook que está se desligando do grupo. 

Num bate papo com o repórter Victor Santos, Sidney Sidnei falou sobre os motivos, lembrou de quando ingressou no grupo, falou sobre seu futuro na música e destacou o talento dos artistas da terra. 

Segundo Sidney, os motivos são pessoais, e afirmou não ter nada contra os componentes do grupo. Foi assim que ele deu a notícia aos fãs e amigos; "estou aqui utilizando essa Rede Social para dizer a todos os amigos e amigas que não faço mais parte do Grupo Vaguinho e Cia" escreveu o cantor em postagem no dia 29 de janeiro. O músico calcula que foram mais de 500 shows com o grupo ao longo dos 18 anos. 

Capa do CD lançado em maio de 2015
O grupo Vaguinho & Cia é reconhecido em toda região do sisal, principalmente pelo carisma dos músicos, além da animação com que se apresentam e da humildade na relação com os fãs e contratantes. Fundada em 1998 tem 5 cds gravados e se tornou referencia em festas, comemorações, casamentos e aniversários. Antes da saída do cantor, seguia com a seguinte formação, Florisvaldo Queiroz (Vaguinho Teclado), Sidnei Santos (Vocal) e Dany Simões (Vocal). A saída aconteceu de forma amigável e gerou comentários nas redes sociais; "É uma decisão realmente difícil, mas só você que realmente sabe o momento certo". escreveu um músico amigo.

Sid, como é conhecido, relembrou dos primeiros passos, ao lado de Vaguinho dos Teclados e Patrício Queiroz na primeira formação do grupo, em seguida com a chegada de Regimara, anos depois Michele Sanchos e agora Dany Simões. Apesar da despedida amistosa, Sidnei revelou que não estava se sentindo bem no grupo por isso decidiu afastar-se ;"Foi muito difícil tomar essa decisão, mas me sentia 'carta fora do baralho' em algumas decisões do grupo". e complementou "espero que o projeto continue, Barrocas tem muitos talentos e que continuem o legado deixado por quem passou no grupo, preservando sempre a humildade e respeito", disse com lágrima nos olhos. 



A nova geração de músicos para Sid Batera, tem capacidade de continuar representando o município no circuito da música, ele sitou alguns exemplos; "A cantora Beatriz, ou Bia como é conhecida tem um grande dom, tem Dany do Cedro que tem uma linda voz" disse. E fez um apelo em nome dos músicos barroquenses; "Que nossos representantes, os que estão no poder e os que entrarão deem apoio e oportunidade, tendo isso o músico é valorizado e fica distante das coisas ruins que tira a vida de jovens". 

Ao final da conversas, para alegria dos fãs, Sidney garantiu que segue na música; "Continuarei cantando, tocando bateria, se apresentando em bares da região, a música está em meu sangue", disse o músico que ainda revelou um sonho antigo; "desde jovem sonhava poder montar uma banda de reggae e acredito que um dia vou realizar este sonho". finalizou. 


@ Nossa Voz - Da Redação - Com Informações de Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário