quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Candidato a Deputado, ex-vereador Gerinaldo fala sobre os quase mil votos obtidos em Barrocas e a baixa votação do grupo da situação

Gerinaldo Moreira na Rádio A Nossa Voz - Arquivo - Rubenilson Nogueira
Aos 44 anos, o ex-vereador Gerinaldo Moreira, candidato a Deputado Estadual na Bahia pelo PSOL - Partido Socialismo e Liberdade, chegou a quase 1.000 votos no dia 7 de outubro. Ele não conseguiu se eleger, mas destacou a campanha: "Minha campanha não tive apoio de vereador, de vice-prefeito, de prefeito, tive apoio do povo" afirmou em entrevista a Rádio A Nossa Voz nesta quinta-feira (11).

Para o ex-vereador, que não conseguiu se reeleger em 2016, a justificativa para o eleitor barroquense ter votado nele foi o fato de ser filho da terra, mas também pela sua atuação na política local: "eu vou pra rua, faço o enfrentamento das coisas erradas, com isso a população me ligava, falava do apoio. Além disso eu mantive minhas atividades sindicais e da associação, em igrejas e em vários ambientes onde o povo está" relatou. 

Gerinaldo destacou a forma que fez a campanha, sem dinheiro mas com uma abordagem sincera junto ao eleitor: "Essa foi a eleição da minha vida, foi a politica que eu sempre sonhei fazer, não recebi um centavo do fundo partidário, sem gastar dinheiro consegui 1.413 votos. Gostaria de ter ido em mais municípios fazer a campanha, visitei apenas Serrinha, Araci, Teofilândia, Biritinga e Barrocas, queria ter ido em mais, mesmo sem a visita ainda tive votos em Salvador, Feira de Santana e mais alguns municípios" afirmou. 

O ex-petista agora militante do PSOL, chamou a atenção ao relembrar um fato inédito da politica de Barrocas: "Pela primeira vez na história, um prefeito de Barrocas, de grupo que lidera o municio 'perdeu' a eleição para a oposição, e perdeu de forma grande, porque na soma não tiveram mais votos que a oposição, tomaram quase três por um", segundo ele, resultado das promessas de campanha não cumprida e erros na administração.

Sobre as eleições municipais de 2020, Gerinaldo não definiu para qual cargo será candidato, afirmou que até o momento está marchando 'sozinho', de forma independente. O ex-vereador lembrou que a próxima eleição para a Câmara Municipal em Barrocas terá mais duas cadeiras em disputa, disse acreditar que haverá renovação como sempre acontece, e afirmou que o resultado da eleição pode o ajudar, se ele for disputar uma cadeira no legislativo, mas lembrou que ainda falta muito para fazer projeções: "O futuro a Deus pertence, para a eleição de 2020 vamos conversar com os amigos, até lá continuo lutando pelo povo". 

O político foi o terceiro convidado da série de entrevista na Rádio A Nossa Voz, no programa A Minha A Sua a Nossa voz, apresentado por Rubenilson Nogueira, sempre com o tema o Resultado das Eleições 2018.

@ Nossa Voz - Por Victor Santos / Colaborou Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário