quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Barrocas: Presidente da Câmara denuncia suposta participação de servidores municipais em campanha política no horário de expediente

Foto: Reprodução
Na manhã desta quinta-feira (04), o vereador José Eclécio, conhecido Kekeu de Dãozinho, utilizou as redes sociais para denunciar a suposta participação de servidores municipais na campanha política no município de Barrocas em horário inoportuno.

O parlamentar registrou em foto o momento em que, segundo ele, pessoas que seriam servidores lotados na Secretaria de Saúde do Município, estavam distribuindo santinhos dos candidatos apoiados pelo grupo da situação.

"Diante dos boatos, sobre carros da Ação Social, da Saúde, nos povoados como foi citado ontem e esses dias, é isso que eu falava: quando a gente tiver uma foto a gente vai ver em que podemos agir. Hoje, eu mesmo enfrentei isso, parei e perguntei a essas pessoas, se o que eles estavam fazendo estava certo: Parando a saúde, saindo dos seus postos de saúde, como tá na foto..." lamentou o vereador em trecho do áudio.

No áudio compartilhado no aplicativo WhatsApp, o Presidente da Câmara de Vereadores, falou das funções de cada uma das pessoas que aparecem na imagem registrada por ele (ouça áudio abaixo). Logo surgiram relatos de outras pessoas que teriam presenciado situação semelhante: "Ontem mesmo passaram aqui na minha rua, povo que trabalham em colégio" relatou uma senhora. 

O vereador lamentou a situação: "Eu mesmo tirei a foto e estou mandando já para minha advogada, para a gente ver que caminhos a tomar... É lamentável essa verdadeira ditadura implantada em nosso município, mas Deus tá no comando" afirmou.

Uma das pessoas que aparecem na imagem, está com adesivos de candidatos na roupa e aparenta estar com santinhos nas mãos.

José Eclécio disse que além da foto, tem testemunhas que viram toda a cena. O fato aconteceu segundo ele, por volta das 10:30, manhã desta quinta-feira (04). 

Como não conseguimos contato com os responsáveis pelos setores, deixamos o espaço aberto para que a administração se manifeste sobre o episódio.



@ Nossa Voz - Da Redação 

1 comentário:

  1. Querido Jornal @ Nossa Voz, eu Adriano Alcântara como cidadao barroquense e interessado em entender essa situação qual o Vereador Kekeu, utiliza-se das redes sociais para mais uma vez alfinetar e provocar a Secretaria de Saúde do Município de Barrocas, busquei informações sobre a suposição qual o Vereador eexpressa.
    Posso notar e afirmar que durante esse período pós eleições municipais que o Presidente da Camara de Vereadores, não busca outra coisa na saúde do Municipio de Barrocas a não ser criticar, o Vereador do município simplismente faz suas críticas, afirmações o qual aflinge a conduta de trabalho da secretaria de saúde do município mesmo sem buscar informações precisas para poder até mesmo o próprio se preservar, posso afirmar que as pessoas quais estão sendo acusadas que estavam fazendo campanhas eleitorais no período que deveriam está trabalhando a serviço da saúde do município essas sim estavam gozando dos seus dias de folga por conta de horas extras acumuladas junto ao banco de horas da prefeitura. Diz a lei que se uma pessoa pode conciliar seus horários de trabalho, essas sim podem ter mais de um vínculo empregatício, e estas estavam fazendo tudo conforme manda a lei, fala ainda que iria tomar providências com sua advogada, só gostaria de entender onde na lei está inscrito que estas pessoas não poderia exercer trabalho na campanha eleitoral durante suas horas vagas, por conta que exerce trabalho em um órgão público, isso não consta na lei, muito menos as proíbem de exercer funções como estas o qual o Vereador as acusam.
    Mais uma vez percebemos queridos, que essas críticas do vereador não são em busca de benefícios para o município muito menos críticas construtivas, esse sim comete um erro quando acusam os trabalhadores e querem privá-los, a exercer outra função no seu horário vago, afirmo ainda que não se passa de um jogo politico do vereador, querendo desmoralizar a Prefeitura Municipal e a Secretária de Saúde de Barrocas, e até mesmo induzir a população barroquense a criticas contra esse órgão público.
    Mediante a todas informações sugiro ao jornal nossa voz, que se tenha interesse em falar a verdade busque informações veridicas quanto a essa suposta acusação.

    Por favor publiquem este comentário.

    ResponderEliminar