segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Pela primeira vez, um prefeito no exercício do mandato consegue menos votos que a oposição no município de Barrocas

Foto: Reprodução
Desde as duas gestões do primeiro prefeito eleito após a reemancipação, que o grupo de situação sempre conseguiu maioria expressiva de votos para deputado estadual e federal no município de Barrocas. 

Foi assim com os ex-prefeitos José Edilson e José Almir, mas de forma inédita, agora em 2018, o Prefeito José Jailson de Lima Ferreira não conseguiu superar os nomes da oposição. O Deputado Federal reeleito José Nunes bateu Paulo Azi  também reeleito, com mais de 700 votos de vantagem, numero superior a diferença conseguida pelo prefeito na eleição de 2016 quando derrotou o então candidato Joilton Avelino de Queiroz, o Tita de Roque.

Veja os números conseguidos pelo então Prefeito José Almir e seu grupo em 2014 (aqui)

O fraco desempenho dos candidatos apoiados pelo atual prefeito neste pleito, colocam a oposição em evidência no município. O grupo liderado pelo ex-prefeito José Almir conseguiu maioria expressa de votos para Governador, Senador, Presidente assim como para Deputado Federal. Já para Deputado Estadual a soma dos candidatos apoiados, mostra a força da união  representadas por Almir e Tita, mas se forem somados ai os votos conseguidos pelo vereador Adelson da Saúde PT e de Gerinaldo do PSOL a vantagem da oposição é ainda mais expressiva, superando 2 mil votos.

Nem em povoados onde o prefeito conseguiu atrair para seu grupo lideranças que antes faziam parte do grupo da oposição, a exemplo de Alambique, Rosário e Lagoa da Cruz ele conseguiu vencer os candidatos da oposição.

Assim que o resultado foi divulgado, no domingo (07) à noite, houve carreta pelas ruas da cidade, e nesta segunda-feira (08) um movimento ainda maior está programado. Um carreata está prevista para sair da sede do município percorrendo alguns povoado.

@ Nossa Voz - Da Redação / Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário