segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Barrocas: Diante da repercusão e gestos de apoio, Prefeito revoga Decreto de Exoneração da Secretária Patrícia Carneiro

Caiu como um Bomba no meio político a notícia da exoneração da Secretária Municipal de Administração e Finanças Patrícia Carneiro, logo o fato ganhou repercussão. 

Primeira Dama do Município, Patrícia pediu para ser exonerada, o Decreto foi publicado na sexta-feira dia 14, porém manifestações de apoio  a ela nas redes sociais, em parte da imprensa local e de lideranças politicas que se posicionaram contrários a sua saída do governo, levaram o Prefeito a revogar o decreto de exoneração.

Vereadores da base aliada, Secretários, comerciantes, líderes comunitários e políticos, educadores se manifestaram, reconhecendo a importância da permanência da secretária no cargo principalmente no momento atual, segundo fontes ligadas a gestão, Patrícia estaria se afastando para se dedicar a um estágio, porém a quem afirme que ela não estava mais aquentando as pressões do cargo, principalmente vindas do campo político.

"Hoje em Barrocas, a cede de poder, a vontade de voltar a dominar e usar os recursos públicos para enriquecimento próprio, a multiplicação de patrimônio fruto do poder, tem gerado uma campanha de ataques a honra das pessoas, famílias são atingidas, com certeza isso foi preponderante para ela pensar em sair, Patrícia não está no cargo para se aparecer, por vaidade ou por pretensões politica" ponderou uma pessoa próxima que pedia para não ser identificada.

Na secretaria mais importante da Administração, Patrícia não conseguiu sanar todos os problemas do governo municipal, que por sinal não está no seu melhor momento, há setores que precisam melhorar muito e urgente, porém é notório que ela tem ao menos evitado o caos, se esforçado bastante para por a gestão no trilhos, boa parte da população sabe que ele é séria e que quer o melhor para a administração.

O Decreto de Revogação foi publicado no Diário Oficial nesta segunda dia 17.




@ Nossa Voz

Sem comentários:

Enviar um comentário