quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Barrocas registra 85 casos suspeitos de dengue, zica e chikungunya até o inicio de agosto

Foto Reprodução
Barrocas, município baiano localizado na região do sisal, registrou desde o mês de Abril de 2015, até a primeira semana de agosto, 85 casos suspeitos de dengue, zica e chikungunya, os dados são do informativo da Secretaria Municipal de Saúde desta quarta-feira (5). 

Desse total ainda não é possível levantar quantos são os casos de cada doença, todas são transmitida através da picada do mosquito Aedes Aegypti. Os principais depósitos de larva são os tanques e caixas d'agua. 

Em toda Bahia segundo levantamento da Secretaria de Saúde do Estado foram registrado 94.723 casos notificados. O boletim aponta que deste montante, 50.896 das suspeitas são de dengue. As notificações de zika vem na sequência: foram 34.518 casos. Segundo informações do portal G1, a pasta ainda verificou 9.312 ocorrências de chikungunya. Das 417 cidades do estado, 371 apresentaram casos de dengue registrados pela Vigilância Epidemiológica.


Em julho, agentes de endemias identificaram foco de larva do Aedes Aegypti na Praça da Matriz de Barrocas
No boletim epidemiológico apresentado ao JNV pela Coordenação da pasta, dos seis povoados verificados pela equipe; Ouricuri, Minação, Rosário, Nova Brasilia, Lagoa da Cruz e Alto Alegre, todos apresentaram foco dos mosquito transmissor, a grande maioria dentro dos lares, em tanque e caixas d'água. O povoado de Minação foi a localidade com maior índice de infestação (15,4%) em segundo lugar São Miguel do Ouricuri (12%) e em terceiro vem a a sede do município de Barrocas (9%).

Cidades vizinhas a Barrocas, apresentaram números assustadores de casos de dengue, a exemplo de Araci (1.177) e Serrinha (1.000). Para que este índice não atinja Barrocas a SMS está realizando atividades educativas, palestras, panfletagem e mutirões em todos os povoados onde os PSF's atendem, removendo os criadouros e locais favoráveis ao desenvolvimento da larva. Em Barrocas o dia 'D' contra o mosquito será em 1 de Setembro.

"Combater a dengue é um dever meu, seu e de todos. A dengue pode matar"

@ Nossa Voz - Da redação por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário