quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Estudante denuncia problema no transporte escolar em Barrocas


Mesmo depois que a Presidenta de Republica anunciou em sua posse, que o lema do seu segundo governo seria "Brasil Pátria Educadora", em Barrocas município do interior da Bahia, alunos continuam tendo dificuldades para ir à escola.

Uma estudante do Colégio Estadual Professor Plínio Carneiro, residente no Povoado de São Miguel do Ouricuri, Zona Rural de Barrocas, diante da dificuldade enfrentada por ela e outros colegas para virem a escola, entrou em contato com o JANV, na noite da terça-feira (15) e denunciou a falta do transporte, que há mais de 15 dias não vem circulando.

Segundo ela, desde o dia 3 deste mês para até a sede do município onde estuda, os estudantes precisam pagar por serviço de moto-táxi ou conseguir carona, caso contrário perdem aula. A estudante afirmou que os proprietários dos veículo deixaram de circular por falta de pagamento.

"A falta de carro para o transporte escolar nos povoado de Ouricuri e Bom Gosto com mais de 20 alunos prejudicados, acontece por falta de pagamentos! Ultimo dia que os carros rodaram foi dia 03, desde então os alunos dão seus jeito para conseguir chegar na escola, alguns até ficam em casa por não ter condições de pagar moto-táxi. Falo em nome de todos alunos, e pedimos por favor o pagamento dos carros escolares porque está nós prejudicando e esse é o único transporte disponível para os alunos desses povoados chegar na escola", afirmou a jovem que pediu que não fosse identificada.

Ainda segundo o relato, estudantes de outras localidades como o Povoado de Brasileiro também enfrentam o mesmo problema.

Há poucos dias atrás, foram apresentados à população três novos ônibus Escolares adquiridos pelo município através de convênio com os Governos Estadual e Federal.

Tentamos falar com a Secretária de Educação Ana Clécia Queiroz mas não tivemos êxito, fica aberto o espaço para que ela se manifestar a respeito do caso.

@ Nossa Voz - Participação Popular

Sem comentários:

Enviar um comentário