quinta-feira, 21 de julho de 2016

Barrocas não terá representante no concurso Rainha da Vaquejada de Serrinha 2016

Barroquense Gilcleide Queiroz conquistou o título de princesa em 2011
A Festa da Rainha do Parque Maria do Carmo em Serrinha, foi realizada pela primeira vez, em 1997, quando nasceu a Vaquejada do Parque Maria do Carmo. Desde então, todos os anos, são escolhidos por uma mesa julgadora uma Rainha, um Peão e duas Princesas.

Para concorrer ao título de Rainha ou Peão é preciso ser natural de qualquer cidade da Bahia, além de ter de 18 a 30 anos de idade.

Após conquistar um título de princesa em 2011, o município de Barrocas ficou três anos sem uma representante, no ano passado voltou a contar com uma candidata que apesar de não ficar entre as campeãs, fez bonito. Infelismente neste a cidade está mais uma vez fora da disputa, pois não houve inscrição de uma barroquense. A disputa acontece no dia 30 de julho, na área coberta do Parque Maria do Carmo. 

Nesta competição 30 cidades baianas apresentaram representantes, no total 79 mulheres e 30 homens, após divulgação foram selecionadas 18 moças e 8 rapazes. Barrocas nunca teve homens inscritos no concurso.

Barroquense Daylane de Oliveira, participante do concurso de 2015 
A mais recente participante do concurso representando Barrocas foi Daylane de Oliveira Santana, natural do Bairro de Santa Rosa que dividiu o sonho com mais 13 candidatas, no desfile esbanjou charme e simpatia, logo em sua primeira participação, mas infelizmente não obteve a faixa. A melhor posição de uma barroquense no concurso foi em 2011, quando Gilcleide Queiroz, que na época residia no Bairro do Cedro ficou em terceiro lugar e conseguiu o título de princesa. 

@ Nossa Voz com Informações do Bahia Já

Sem comentários:

Enviar um comentário