segunda-feira, 22 de março de 2021

Deputada baiana lamenta valor do auxílio emergencial proposto pelo Governo Federal

Deputada Alice Portugal - Foto: Reprodução 
A Deputada Federal pela Bahia, Alice Portugal PCdoB tem sido uma crítica à redução do valor do auxílio emergencial para R$150,00 como proposto pelo Governo Federal para a maioria dos beneficiários. Essa cota, será a menor dentre os pagamentos previstos para cerca de 20 milhões de pessoas, contempladas na categoria unipessoal.

Pela nova proposta do auxílio, o governo vai pagar quatro parcelas de R$ 150 a R$ 375 a cerca de 46 milhões de brasileiros. Apenas uma pessoa por família poderá ser contemplada. As regras são mais apertadas do que em 2020, quando o auxílio pagou cinco parcelas de R$ 600 e quatro de R$ 300, com cotas em dobro para as mulheres chefes de família. Até duas pessoas na família podiam receber o repasse.

O governo prevê limite de R$ 44 bilhões para o benefício. Para a oposição, valor é insuficiente diante da crise: "Auxílio emergencial de R$ 150 é um desrespeito com a população já tão atingida e fragilizada com a pandemia. PCdoB luta pela manutenção dos R$ 600,00! Pelo direito de dignidade do povo, que tem fome e pressa!", afirmou a deputada baiana Alice Portugal.

@ Nossa Voz - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Publicar um comentário