quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Fogo consumiu vegetação e assustou moradores da região do Umbuzeiro e Retirada no município de Barrocas

Imagem leitor do JNV

Na tarde desta quarta-feira (07), o incêndio ainda com causas desconhecidas, consumiu grande parte de pastagem em propriedades rurais na região do Umbuzeiro, Retirada e imediações da Fazenda Repente, já próximo à sede do município de Barrocas.

Segundo informações de moradores da região e de pessoas que ajudaram a apagar as chamas, o incêndio começou próximo ao Povoado de Umbuzeiro, se alastrando rapidamente e atingindo as propriedades nas proximidades da Retirada, seguindo até próximo ao Repente, onde foi controlado com ajuda de caminhões pipas e participação da Brigada de Incêndio da FBDM - Fazenda Brasileiro Desenvolvimento Mineral (Mineradora).

Incêndio iniciou por volta 14 horas
"O negócio foi sério aqui. Começou de cá do Umbuzeiro, saindo lá naquele curral de seu João Olegário, ali na entrada de Boa União e para minha casa, e vi dizer que foi parar lá no Repente", informou o conhecido Celso Coelho da Casa do Sertão.

Uma moradora da região relatou na página no JNV a tensão vivida durante o incêndio: "Foi muito assustador principalmente pra agente aqui pertinho", escreveu Vada Mota. 

Pessoas que passavam na estrada de terra sentido à Boa União por volta das 17 horas pararam para ajudar, registraram imagens e enviaram ao JNV relatando sobre o incêndio: "muito fogo aqui consumindo a vegetação", relatou o comerciante José Rubem Santiago Filho, conhecido Rubinho da TR Design. O pai dele o senhor Rubem, ajudou na frente de trabalho que apagou as chamas.

Filho do proprietário da fazenda mais atingida (80% de pastagem consumida), Natan Queiroz disse que três caminhões pipas foram utilizados no combate às chamas, além do veículo da mineração. Quando os Brigadistas chegaram, moradores, proprietários de terras da região e populares, já haviam controlado as chamas, porém eles atuaram com ação preventiva, evitando que novos focos surgissem, esfriando o solo com bastante água, vistoriando a área atingida. 

@ Nossa Voz Da Redação - Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Publicar um comentário