quinta-feira, 27 de julho de 2017

Estudantes barroquenses são homenageados em solenidade da OBMEP em Feira de Santana

Imagens Reprodução
Três estudantes de escolas públicas do município de Barrocas, foram homenageados na programação da premiação da OBMEP 2016, que aconteceu no Centro Universitário de Cultura e Artes (CUCA) da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), na segunda-feira (24) às 14:30 h, e reuniu estudantes de toda a Bahia. Dentre os três, um barroquense concorreu com estudantes de todo o Brasil e ficou entre os 500 melhores do país.

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é uma competição nacional de matemática, seguida de programas de aperfeiçoamento para alunos e professores premiados. A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e do Ministério da Educação (MEC), e é direcionada aos estudantes das escolas públicas do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e do Ensino Médio.

Imagens Reprodução
Bruno Winicius Oliveira Santos, da Escola de 1° Grau Luiza Cecília, do povoado de Minação, com o professor Weliton de Jesus Queiroz, alcançou a medalha de bronze e foi premiado entre os 500 melhores do Brasil. Apenas 11 estudantes da Bahia receberam a medalha. 


A Escola Municipal João Francisco Pereira (EMJFP), do povoado de Barreira foi homenageada através da aluna Camila da Lima Pereira, da turma do 9º ano, do professor de matemática José Anaclecio da Mota Lima. A estudante Adyla Jhenyfer da Silva Oliveira, 16 anos, aluna de matemática da professora Williane Mota, representou o Colégio Municipal de Barrocas (CMB), ambos foram certificados e homenageados. 


Na cerimônia foram também premiados pela primeira vez, com Certificados os coordenadores e professores de Matemática. Eles terão a oportunidade de fazer uma prova e se classificados farão um curso para preparar os estudantes da escola para as próximas edições das Olimpíadas de Matemática. 

@ Nossa Voz - Por Victor Santos com Informações da Professora Williane Mota
Imagens Reprodução

Sem comentários:

Enviar um comentário