sexta-feira, 7 de julho de 2017

Barroquense que vive em São Paulo, foi assaltada no Povoado de São Miguel do Ouricuri: "Ando tanto tempo em São Paulo e nunca fui roubada" lamentou

Povoado de São Miguel do Ouricuri - Rua onde a comerciante foi assaltada
Foi por volta das 18 h da quinta feira (06) no povoado de São Miguel do Ouricuri, Zona Rural do município de Barrocas, que a comerciante Maria Valdeci, mais conhecida como (Deir) foi abordada por ladrões armados e teve seu aparelho celular roubado, Deir é natural de Barrocas mais reside em São Paulo, ela retornou para a cidade natal para passar os festejos juninos com a família.

A comerciante contou que estava indo à padaria quando uma moto com dois rapazes se aproximou e um deles anunciou o assalto: "eles estavam armados, o garupa logo desceu e pedindo o celular, eles estavam nervosos, eu sem nem pensar, imediatamente entreguei o aparelho para eles" descreveu a vítima.

Bastante abatida, a vítima contou que foi a primeira vez que foi assaltada, por isso estava assustada e lamentou por ter ocorrido logo em sua comunidade, lugar pequeno e de pouco movimento: "fiquei abismada, porque ando tanto tempo em São Paulo e nunca fui roubada , e o pior de tudo, aqui não tem nenhum guarda, nenhuma polícia por perto para poder ajudar em uma hora dessas" lamentou.

Duas jovens moradoras do povoado, passaram pelo local antes do ocorrido, elas contaram que perceberam o movimento estranho dos suspeitos e saíram correndo com medo: "Nós estávamos voltando de um aniversário quando a moto passou pela gente, eles ficaram olhando e fizeram menção de que iriam parar, eu logo percebi e saí correndo. Eles estavam em uma moto titã vermelha, não deu tempo de ver a placa, eles usavam capacetes e vestiam blusa de frio, ambos aparentavam ser novos".

A mãe da vitima, a aposentada Margarida de Jesus, conhecido como Dona Nenzinha, de 77 anos, estava bastante nervosa após o ocorrido: " fiquei nervosa, minha filha vem passar os festejos comigo, na maior alegria e acontece isso, infelizmente não temos mais segurança", afirmou.

@ Nossa Voz - Por Daniele Oliveira / Correspondente

Sem comentários:

Enviar um comentário