terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Barrocas: É hora de plantar feijão de corda afirmam Agricultores e Cerealistas

Cerealista Gelson da Farinha
O Cerealista Gelson da Farinha disse nesta terça-feira (5) que com a chuva que caiu na tarde ontem já é possível semear a terra, segundo ele as pessoas da Zona Rural amanheceram hoje ‘com sorriso largo’, sobre o plantio ideal informou que devido ao clima quente o feijão de corda é o mais apropriado para plantar nesta época do ano

“As pessoas plantam o feijão de corda que alguns chamam de feijão fradinho, quem precisa da terra para plantar no inverno optam por esse porque é um feijão ligeiro, chamado de sete semanas, ou seja com dois meses já tem feijão maduro na roça”.

Agricultor João - Dão Butão
Gelson falou ainda de algumas sabedorias populares (simpatias e superstições) que são respeitadas na hora do plantio; “Para evitar que o feijão ao ser debulhado saia pintado, como que a lagarta tocou nele, existe uma simpatia que alguns pensam ser besteira mas não é, são coisas dos antigos que dá certa, o feijão deve ser colocado no sal e depois ser semeado nas covas, ao final o sal deve ser jogado no terreno, o feijão dá limpinho, com certeza dá certo” garantiu.

A chuva renovou as esperanças dos agricultores, mas antes mesmo de chover em solo barroquense, já tinha agricultor semeando a terra, foi o caso do senhor João, conhecido como Dão Butão, de 72 anos; “Já tenho experiência e vi que ia chover então plantei na segunda-feira pela manhã meio litro de feijão de corda da vagem roja, e vou plantar mais feijão e também abobara, pepino, um pouco de milho, batata, eu acho que dá pra plantar de tudo até manaíba” disse animado seu Dão Butão. 

@ Nossa Voz – Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário