quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Operação da Polícia Civil localiza arma, drogas e prende duas mulheres sob suspeita de associação ao tráfico em Barrocas


Numa operação realizada nesta quinta-feira (07) no Povoado de Barreira Zona Rural de Barrocas, comandada pelo Dr. Hidelbrando Alves da Silva, Delegado Titular, com o SI de Serrinha em conjunto com a Polícia Civil de Conceição Coité, de Teofilândia, e de Barrocas, foram presas em flagrante a Sra. Maria Lúcia dos Santos Silva de 53 anos de idade e Andreza Souza Lima, de 18 anos de idade.

Ambas foram presas sob suspeita de tráfico de drogas, associação ao trafico e posse ilegal de arma de fogo. Segundo a polícia, foi encontrado na residência da Sra. Maria Lúcia, dezoito porções de maconha embaladas em sacos plásticos, prontos para a venda cinco pinos para embalagem de cocaína, uma espingarda de fabricação artesanal, três munições calibre 22 intactas, três cartuchos calibre 36 sendo dois deflagrados e um recarregado.

Ainda de acordo com as informações policiais, durante a operação a Sra. Maria Lucia teria tentado desviar a atenção dos agentes para que a droga e a arma não fosse encontrada. 

Registra-se que Maria Lucia é mãe e Andreza é companheira de Jânio dos Santos Silva, que de acordo com as investigações integra uma quadrilha no povoado de Barreiras, município de Barracas juntamente com o vulgo Lapão, Antonio Carlos e mas dois menores, que praticam assaltos e homicídios na região, e que no último fim de semana tiveram uma desavença, no grupo que culminou num tiroteio causando terror na região.

Com Informações da Polícia Civil - Ronda @ Nossa Voz

Sem comentários:

Enviar um comentário