sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Barrocas: Criador decidi vender criações após novo ataque de Cães na Zona Rural de Barrocas

Caso resolva,volto a criar, mas por enquanto estou vendendo para não deixar os animais sofrerem mais.
A criação de ovelhas da propriedade do Sr. Manoel Messias Araújo, conhecido como Messias de Olímpio, de 76 anos, localizada na comunidade de Lajedinho foi atacada durante dois dias seguidos por cães que rondam sua roça. 

O primeiro ataque aconteceu na terça-feira (5), o mesmo aconteceu no dia seguinte, de acordo com o criador o prejuízo ultrapassa os R$ 390,00 (reais) em apenas 48 horas. Temendo novos ataques, e chateado com a situação o criador decidiu desfazer da criação.

"Nessa idade é meu divertimento, minha alegria é criar os bichos, seja no tempo verde ou na seca, mais tomei a decisão de vender, me decidi fazer isso porque é triste ver os animais morrem assim e não pode fazer praticamente nada" Lamenta o criador que desde os 10 anos de idade cuida de ovelhas e gado.

Ovelha com marcas do ataque dos cachorros.
Em sua melhor época Messias conta que chegou a ter 65 'cabeças de ovelha' na roça, tempo que lembra com saudades, pois conta ele que as pessoas tinham consciência de criar os cachorros amarrados. Atualmente com aproximadamente 20 animais, negociou a venda, até que alguma medida seja tomada; "está prevista uma reunião para falar dos animais atacados por cachorro em Barrocas, caso resolva volto a criar, mas por enquanto estou vendendo para não deixar os animais sofrerem mais". 


Na imagem, Sr. Messias e o Cunhado mostram um pequeno burrego que conseguiu se livrar do ataque dos cães, na região abdominal o inchaço tem preocupado o criador, para ele é preciso de medidas para punir os proprietários de cachorros soltos; "enquanto não tiver uma lei ou punição não só aqui vai continuar acontecendo, nessa região toda tem criador de ovelha que perde com nada, duas ou três ovelhas no mês para os cachorros". 

Uma ovelha de raça  não resistiu aos ataques das feras, mesmo com aplicação de remédios e todo cuidado no curral do Sr. Messias, no dia posterior ao ataque, os urubus atacam o indefeso animal para se alimentar. A situação causou no criador muita tristeza, há anos criando animais e mesmo com a idade avançada Messias ainda tem esperanças de recomeçar novamente a criação; "Se disser que vão colocar ordem e punir os donos de cachorro, eu volto com 4, 5 ovelhas pro meu curral, tenho alimento, remédio e água" relatou.


Próximo da Santa Rosa, local onde mora, o curral que por anos abrigou as criações que serviram de alimento e renda para a família agora está 'aposentada' o chocalho dos animais guardado; "aqui ninguém mais vai ouvir um berro de animal nem o som do chocalho, eu não sou contra criarem cachorro, acho apenas que os donos tem que por limite" explica o senhor Messias. 

Leia também; Ataque de Cachorros deixa 5 ovelhas mortas no povoado de Lagoa Redonda.

@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário