quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Barrocas: Recém formado Médico Gilmar Firmo fala da experiencia do primeiro plantão na terra natal

Dr. Gilmar Firmo
O sonho de muitos barroquenses que deixam sua cidade para estudar, é poder retornar e oferecer para os conterrâneos um serviço digno e mais humano em sua área de formação. 

A população do pequeno município de Barrocas, interior da Bahia pode se orgulhar de ter um conterrâneo determinado e sonhador, Gilmar Queiroz Firmo, 34 anos, nasceu numa família humilde, batalhou e venceu em 'terras de gigante', formou-se em Enfermagem, mas não parou de estudar, no final de 2015 Gilmar concluiu o curso de Medicina, e já atua como médico em diversos hospitais, mas na segundo-feira (11) aconteceu algo especial, foi o primeiro plantão do barroquense no Hospital Municipal de Barrocas. 

"Recebi muitas pessoas conhecidas, é um encontro, bate-papo unindo o útil ao agradável, apesar de não ser o melhor lugar para reencontros. Mas o contato com os barroquenses que me conhecem, algumas aproveitam para conversar e está sendo bom lidar com a saúde da população" explicou, porém lembrou; "aqui no hospital não nos despedimos dizendo volte sempre" brincou o médico.

A formação no ensino médio foi no Colégio Estadual Professor Plínio Carneiro, o ex-aluno diz ter vários professores em que se inspirou, dentre muitos citou Edson Barreto Lima, o homem sério e ao mesmo tempo brincalhão que trazia em suas aulas outra realidade, a motivação para "pensar fora da caixinha". 

Gilmar contou ainda que foi em 2000, através de um livro da editora Abril, o 'Guia do Estudante' indicado por um conhecido que ele despertou o interesse em se aprofundar sobre vestibulares e faculdades. Decidiu então viajar para Capital Baiana em busca de conhecimento e foi indicado a estudar enfermagem; "Via pessoas de branco pelas ruas de Salvador, imaginava ser enfermeiros então parava para perguntar como era ser da área, se teve medo e se foi difícil no início? Só então diante das respostas me decidi" relembrou. Gilmar estudou e se formou em enfermagem pela Universidade Católica de Salvador - UCSAL.  

Medicina ainda era um tabu na vida do barroquense, e revelou que a maneira como alguns profissionais da medicina lidava com os pacientes nos consultórios, deixavam para ele a profissão como algo que poderia ir de encontro a seus princípios; "os relatos que ouvia a respeito dos médicos serem arrogantes, prepotentes e grosso, e isso era tudo que eu não queria para mim", por outro lado o então enfermeiro reconhecia o lado humano da profissão. No Hospital Geral de Itaparica, conheceu dois profissionais da saúde: uma Pediatra e um Cirurgião Geral, dois médicos segundo Gilmar, que eram humanos, que se preocupavam primeiro com o paciente, tudo parecia ser novo e ir contra aquela figura que nem olhava nos olhos das pessoas. 

Com essa possibilidade e o apoio principalmente da família Firmo, Gilmar ingressou no curso de medicina da Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC na capital baiana. Foram anos dedicado ao estudo, abdicando de muitas coisas, noites perdidas em busca do objetivo; "lembro da minha família, foi assim que consegui, claro que eles gostariam de dar um apoio maior, mas sei que eles davam o que podiam e se preocupavam". Em novembro de 2015, a tão sonhada colação de grau, e em 3 de dezembro a conquista o CRM.

Deixamos o Hospital, mas percebemos como Gilmar trabalha, sempre atento e disposto, interessado em fazer o melhor pelos seus pacientes, pelos seus conterrâneos. Outros jovens barroquenses estão estudando medicina e logo formados poderão, também com atenção e carinho cuidar melhor os barroquenses.

@ Nossa Voz - Por Victor Santos

1 comentário:

  1. Parabens dr. Gilmar esse é meu sobrinho jesus cristo te ilumine sempre bjsss

    ResponderEliminar