segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Ventos fortes assustou a população e derrubou arvores em Barrocas


Por volta das 15 horas do domingo (10), antes e durante a chuva que durou aproximadamente 30 minutos, ventos fortes derrubaram duas arvores no centro da cidade e preocupou a população.

As rajadas que duraram cerca de 10 minutos assustaram pedestres e até mesmo quem estava em casa protegido, choveu e ventou tanto na sede como em alguns povoados; "Vi os pés de coqueiros balançarem como nunca antes tinha visto" relatou uma moradora do Alambique.
Nequinha trabalha na remoção dos galhos
Na Rua Gaspar, próximo ao Cemitério Municipal uma arvore não resistiu a ventania e acabou caíndo bloqueando o acesso, as raízes foram arrancadas do solo, a queda provocou o rompimento de um fio da rede de energia que arrastou o padrão da residência vizinha causando pânico em moradores. De acordo com a Sr. Tereza que não estava em casa no momento da queda, pedestres precisaram correr para não serem atingidos. 

O Sr. Manoel conhecido como Nequinha, de 66 anos, explicou que a raiz da algaroba não chega a ser tão profunda, e isso contribuiu para que a raiz fosse arrancada. "Essa que caiu mede de 6 a 8 metros, a força do vento balançou e a derrubou. Arvores deste tipo chegam a medir 18 metro de altura.


Vizinho da casa, o aposentado Joaquim Dezito, 84 anos, ouviu o barulho da queda e preferiu não sair de casa "corri pra dentro de casa, não sabia que a arvore tinha caída, foi ai que um parente meu me falou, eu 'panhei' a sandália e fui ver a cena". Segundo ele a ventania teve cerca de 10 minutos de duração.

Próximo ao Campo Municipal, ao lado da linha férrea outra arvore da mesma espécie, também não resistiu a ventania, com a queda a via está interditada.


@ Nossa Voz - Por Victor Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário