quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Barrocas: Familiares se mobilizam e lançam campanha para encontrar doador para o Jovem Thiago Brito

Foto Reprodução Facebook
Thiago Brito Lima tem 25 anos, mora na comunidade de São Miguel do Ouricuri e descobriu aos 22 anos que sofria da síndrome de Bud Chiari, há três anos, ele sofre com este problema. 

Este tempo todo o jovem esta em tratamento e consequentemente na fila de transplante, só que até agora não conseguiu ser transplantado e por conta disso o quadro clínico dele só evoluí, a exemplo dos últimos quarenta e cinco dias que ele está internado no Hospital São Rafael em Salvador, desses quarenta e cinco dias, 39 foram na UTI.

Nesta semana, familiares se mobilizaram e lançaram uma campanha de sensibilização para encontrar um doador de figado, a ação repercuti nas redes sociais, e por toda cidade, dias atrás, através de blogs locais uma campanha para doação de sangue também foi lançada.

Em postagem no mural do JNV a irmã do jovem Tainara Brito, deixou um recado aos leitores; "Venho em nome da família de Thiago Brito Lima pedir a todos que compartilhe pelas redes sociais da campanha de sensibilização para encontrar um doador de fígado para esse jovem, lembrando: (o doador precisa ter morte encefálica) desde já agradeço a todos que estão nos ajudando nessa luta em prol da vida. Quem poder também fazer doação de sangue será muito bem vindo, pois ele vai precisar no momento do transplante ( o tipo sanguíneo dele é O+, mas qualquer tipo é bem vindo afinal não é só ele que precisa, as doações podem ser feitas no hospital São Rafael em Salvador) vamos todos unir forças e salvar vidas, hoje Thiago precisa do nosso apoio amanhã pode ser qualquer um de nós", alertou.

No caso de Thiago, segundo as informações, o transplante de fígado tem que ser de uma pessoa compatível com o tipo sanguíneo dele que é O+, e infelizmente não pode ser parte de um fígado. Neste caso tem que ser de alguém que for a óbito por que tem que ser completo pois no caso dele não regenera com facilidade.

O Diretor do Hospital Municipal de Barrocas, Robenildo Brito, tio do jovem também fez o seu apelo para que as pessoas possam se sensibilizar e ajudar encontrar um doador compatível; "Pedimos ao povo em geral que nos ajude nessa empreitada de sensibilizar a cada um da necessidade de doar órgãos, a nossa cultura ainda não tem o hábito e por conta disso muitos órgão saudáveis que poderia salvar vidas tem sido descartados e consequentemente muitas vidas ceifadas. Imagine que a cada hora inúmeros fígados saudáveis estão sendo sepultado e Tiago junto com centenas de pessoas precisando de um para viver", lembrou! "Se agente amar de verdade abandona o preconceito e diz sim a vida, só um transplante pode devolver a saúde dele" pontuou. 

O quadro de saúde do jovem ainda é estável e muito delicado. 


@ Nossa Voz - Da Redação Por Daniele Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário