sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

A NOSSA VOZ TV: O 10° Trilhão do Conde, marcou o fechamento do calendário de trilhões de 2018 no estado da Bahia.


Outra vez a equipe Duros na Queda mostrou porque o Trilhão do Conde é um dos mais tradicionais do estado. Manhã do domingo (16), o sol ainda não havia surgido e os primeiros pilotos já começavam a chegar no Espaço 10 de Agosto, onde aconteceu a recepção e concentração. Um café da manhã variado foi servido no salão da Igreja Matriz, em seguida os aventureiros começaram a se equipar, e logo quiseram saber um pouco mais sobre o novo percurso, trechos que já vinham sendo badalados nas redes sociais. Na locução o organizador Manoelito falava da satisfação em receber amigos, vindos de toda Bahia e Sergipe, mas também de Minas Gerais e até do Rio de Janeiro. Antes da largada o trilheiro conhecido popularmente como Amarelo, de Cardeal da Silva, falou das suas expectativas: “é uma trilha que conheço, é a última prova do ano, tem umas ladeiras surpresas e vai ser show” destacou. Por volta das 10 horas, houve o momento de oração em frente à igreja, e em seguida todos partiram em busca de adrenalina. Tendo como pontos principais a ladeira e descida do Pikachu, subida dos tocos, subida da cabeça do boi, ladeira do tigre, ladeira do sobe e desce, ladeira das folhas, do Lula, degraus e ladeira do Jenipapo. Satisfeito em ter participado, o Trilheiro Gel de Irecê, que viajou 600km para participar do trilhão, destacou: “um espetáculo de trilha, viemos curtir as praias e os trechos da trilha, teve muita mata e sobidões, quem não veio perdeu” disse ele. Assista e veja todos os detalhes na Reportagem do Jornal A Nossa Voz de Barrocas.

A Voz Off Road – Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário