sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Barrocas: Quinze ruas do centro da cidade receberão recapeamento asfáltico; saiba quais

Imagem Reprodução
O projeto de ampliação do recapeamento asfáltico da Gestão Municipal, beneficiará 15 ruas da sede, possibilitando melhorias na mobilidade urbana em pontos importantes do centro da cidade. Conforme imagens conseguidas com exclusividade pelo JNV, o projeto também deverá incluir a sinalização horizontal e vertical das vias, o que vai promover mais segurança para motoristas e pedestres.

Alguns pontos, a exemplo da Av. Antônio Pinheiro da Mota, será realizada a ampliação da malha asfáltica existente, a exemplo da Praça da Matriz, asfaltada na gestão do prefeito José Almir, que recapeou o entorno do da referida praça e parte da Avenida Antonio Pinheiro da Mota.

Imagem Reprodução
Os detalhes do Projeto foram revelados pelo prefeito, após ele ser questionado por um cidadão, sobre a falta de sinalização na cidade, logo o próprio prefeito José Jailson enviou para ele detalhes da planta além da relação com os nomes das ruas contempladas: 

Confira a lista das ruas que serão contemplados no projeto:
Rua Maria Luíza
Rua Raimundo Teles
Rua Pedro Esmeraldo Pimentel
Rua Sinfrônio Queiroz
Rua Monsenhor Carlos Olímpio
Rua Deputado Manso Cabral
Rua Ziza Queiroz
Avenida ACM
Rua Manoel Miguel
Rua Petronílio dos Santos 
Rua Roque Avelino
Rua Maria das Dores
Rua Torquato Gomes
Rua Antônio Pinheiro da Mota
Rua João Afonso


A obra será executado com recursos conseguidos através de empréstimo aprovado na Câmara de Vereadores, em julho do ano passado (ver aqui e aqui). Quando o projeto foi enviado à Câmara, o prefeito José Jailson justificou o empréstimo de R$9.080.000,00 (nove milhões e oitenta mil reais), como necessário para realizar obras no município e manutenção do Gabinete: "destinada à Pavimentação em paralelepípedos e em CBUQ, com drenagem superficial de Ruas, Construção de Praças Públicas, e Manutenção do Gabinete do Prefeito, todas na sede e interior do Município..." informou na ocasião.


Da Redação - Por Victor Santos e Rubenilson Nogueira 

Sem comentários:

Enviar um comentário