terça-feira, 26 de maio de 2020

Barrocas: A IMPORTÂNCIA DA IMPRENSA NA PROMOÇÃO DA CULTURA.

Petronilio Bispo Engenheiro Agrônomo – UniAGES 
Licenciado em Matemática – UNEB
Quando atuamos e entendemos a cultura, percebemos o seu real significado, bem como sua importância para qualquer comunidade, pois ela é composta por um conjunto de conhecimentos, valores, símbolos, tradições, ideias, costumes e práticas pertencente a uma determinada região.

Assim, deve-se haver a preocupação de assimilarmos seus vários caminhos e vertentes, pois ela é carregada de valores humanos, relações e perspectivas, além de conflitos que marcam a população em prol da organização social (SANTOS, 2017). 

Neste contexto, entende-se o importantíssimo papel da imprensa para promoção da cultura. De maneira geral, a imprensa atua como porta voz das tradições culturais, seja ela de raiz ou não, para que atinja a um grupo maior de pessoas, gerando mais respeito e visibilidade para determinado grupo cultural.

Trazendo como exemplo nosso contexto social, ressalto a importância do grupo @Nossa Voz como blog e web rádio na promoção cultural do município de Barrocas, o qual atuou na divulgação e na promoção se não de todas, mas da grande maioria das manifestações culturais, e quando digo culturais, refiro-me desde eventos aos trabalhos na agricultura familiar, isso mesmo, a forma de plantio e “trados culturais” (Formas de tratar as plantações), também vem de gerações e trazem os traços culturais de nossos antepassados e isso não passou e nem passa despercebido pelas lentes do grupo @ Nossa voz.

A equipe @ Nossa Voz estiveram presentes em momentos marcantes como as feiras de agriculturas promovidas pelo poder público e sociedade civil, construção de artesanatos a exemplo das peças de panela de barro elaboradas manualmente na Barreira, o bumba meu boi também realizado pelo povo barreirense, as famosas AAA – Amostra de Arte dos Antepassados da Casa do Sertão, a visibilidade do artista local, dando espaço para que os trabalhos fossem demonstrados, desde bandas a artistas solos.

Posso acrescenta a riqueza de todo essa trabalho realizado, pois possibilita a promoção cultural para os barroquenses residentes no município ou em outros estados e países, até mesmo pessoas de outras regiões que não tem vínculo algum com Barrocas, as quais relembram, conhecem e consomem nossa cultura por meio deste canal.

Quantos barroquenses passaram a conhecer os famosos “Rapas” do Rosário, Ouricuri e Minação? Quantas pessoas se informaram dos festejos juninos através deste espaço? Além de aniversário da cidade, réveillon dentre tantas outras manifestações? E as cavalgadas? O teatro de nascimento e paixão de cristo? Manifestações religiosas? São questionamentos pertinentes e relevantes que nos fazem refletirmos sobre a importância da imprensa na promoção cultural, pois como cultura meche com vidas e memórias, a imprensa contribui para que estas não se apaguem de maneira veloz.

Deste modo, percebe-se que diante de tais questionamentos, as respostas são múltiplas, sendo incalculáveis os benefícios e limites do alcance da voz cultural através deste meio, uma voz de gente, capaz de demonstrar costumes, sentimentos e uma realidade vivida, para que não se perca com o tempo. 

PETRONILIO PEREIRA BISPO 
Engenheiro Agrônomo – UniAGES 
Licenciado em Matemática – UNEB 
Pedagogo – Unicesumar 
Especialista em Inovação no Ensino da Matemática – Unicesumar. 

Ex-Diretor e Secretário de Cultura do Município de Barrocas 
Diretor Cultural do Instituto CAÇUÁ 
Membro do GT de Cultura da Região Sisaleira 

Professor, Coordenador Pedagógico e Tutor de Polo no Sistema Educacional de Araci (Colégio Ideia e Centro Universitário de Maringá). 
Professor no Município de Conceição do Coité.

Sem comentários:

Publicar um comentário