sábado, 9 de abril de 2016

Periquito e Ouricuri derrubam invictos e conquistam a primeira vitória no Campeonato Barroquense de 2016


Foi um sábado de quebra de tabus, de viradas, de gols! Zebras? Pra não criar polêmica a definição fica por conta dos torcedores, mas o certo é que Ouricuri e Goiás do Periquito surpreenderam muita gente neste sábado. 

As duas equipes ainda não havia vencido na competição, ambas havia conquistado apenas 1 pontos no três jogos que disputaram, a posição na tabela preocupava. Mas com os resultados deste sábado (9), jogos válidos pela 5ª Rodada, tanto o Goiás do Periquito como o Ouricuri não só comemoraram os três pontos, melhor, entraram de vez na briga por uma vaga na próxima fase. Já o Santa Cruz e Portuguesa da Santa Rosa sofreram a primeira derrota no Campeonato Barroquense.



No bairro da Santa Rosa, a equipe da casa recebeu o Ouricuri. Nos primeiros minutos de jogo a defesa do time visitante se assustou em bola aérea. Para descontar o Ouricuri chegou também com bola pelo alto, dessa vez o goleiro defendeu e a trave livrou o gol. Inspirados os jogadores foram ao ataque, aos 33 minutos o volante camisa n° 5 Ivan, em bola parada mandou em direção ao gol, a bola raspou na zaga e entrou fazendo o único gol do primeiro tempo. No placar Portuguesa 1X0 Ouricuri.

No segundo tempo, o Ouricuri surpreendeu e começou a  jogar pelas laterais. Melhor para Andreik camisa n° 10, o jogador do Ouricuri que aos 10 minutos numa boa jogada conseguiu marcar, empatando a partida em 1X1. A bola rolou, distraída a Portuguesa, nem percebeu e Andreik já comemorava o segundo gol dele no jogo, a virada veio aos 12 minutos. Melhor em campo Ouricuri ainda ampliou com o camisa 20 Diego, aos 25 minutos ele fez o 3º da equipe visitante. Placar final Portuguesa 1X3 Ouricuri. 



Ainda sem campo  para jogar e treinar o Goiás do Periquito está mandando seus jogos no Alto Alegre, e foi lá que o time do conhecido Negão fez bonito e calou os críticos.

O Santa Cruz com a melhor campanha da competição, invicto e com 100% de aproveitamento, melhor ataque, defesa menos vazada e artilheiro do campeonato chegou determinado a fazer um bom resultado. Logo aos 3 minutos Adelvan Damião, camisa n° 6 abriu o placar, 0X1 Santa. Parecia que seria mais 3 pontos garantidos para o Santa Cruz Mas, já diz o ditado no futebol 'o jogo só termia quando acaba' e de vez enquanto a Zebra aparece. O Periquito apesar da desvantagem no placar, manteve o Santa Cruz bem marcado no primeiro tempo. 



Na segunda etapa mesmo demostrando um pouco de cansaço, o Periquito surpreendeu com a postura ofensiva, a equipe partiu para cima do adversário e aos 18 minutos conseguiu o empate com Lucimário dos Santos, o camisa 11 mandou uma bomba empatando o jogo. Animados e com um motivação desde o goleiro ao atacante, o Periquito buscou a virada, e num é que aos 30 minutos, Adriano Freitas, n° 18, acertou um belo gol, o experiente goleiro Eliseu que vinha sem sofrer gols tentou evitar mas foi superado. Teve quem não acreditasse mas, no placar Goiás 2X1 Santa Cruz. A pressão começou pra cima do time da casa, o Santa tentava furar a defesa, mas com muita resistência e um time recuado, o Periquito segurou e venceu quebrando a invencibilidade do forte Santa Cruz. Desta vez o destaque não foi  Eto nem Léo Lambança, foi Raminho, apelidado de Ram Ram pelos torcedores que eram só alegria no Alto Alegre.


@ Nossa Voz Esportes - Por Victor Santos

1 comentário:

  1. N querendo justificar a derrota, mas aquele campo no alto alegre é totalmente irregular, nao tem como acontecer Jogos de um campeonato barroquese!

    ResponderEliminar