terça-feira, 27 de outubro de 2015

Eleições 2016 em Barrocas; Campanha poderá expor o pior de cada candidato

Tita de Roque e Jai de Barrocas (arte JANV)
Em conversas com amigos, o prefeito José Almir (PR) conhecido como Almir de Maciel, costuma dizer que entrou na política sem falar mal de ninguém e quer concluir o seu segundo mandato, sem difamar nem mesmo adversários mais críticos.

O tom e o nível de campanha adotados pelo prefeito nos últimos pleitos, tão pouco influenciou na forma que o trataram, nos comícios então ele era escrachado, mesmo assim cobrava da sua base que não retribuíssem as agressões. Venceu a eleição com 2160 votos à frente do seu adversário. 

Almir pode até ter conseguido manter a ordem, porém para a próxima eleição ele talvez não tenha êxito. A cada dia o debate em torno dos nomes para sucedê-lo se intensifica, e ao que tudo indica, teremos um processo eleitoral tenso e com tom mais agressivo, nesse ambiente a tendência é que o pior de cada candidato seja exposto para o eleitorado.

Se nada mudar até as convenções, os dois nomes na disputa, serão, o ex-secretário de finanças Jai, pré-candidato da oposição e o ex-vereador Tita, nome apoiado pelo prefeito.

Os dois não se ‘bicam’, são rivais das antigas, como nas 'novelas' pertencem a famílias que são adversárias politicamente há décadas. Em 2016 cada uma com seu herdeiro tentará conquistar o poder, os galãs ou vilões preferidos para conquistar o eleitor já estão em campanhas, e até então não deram nenhum sinal de que vão dizer quem é melhor, e sim quem é pior.

Nos grupos de WhatsApp e Fecebook literalmente o bicho já tá pegando, aliados de ambos começam a jogar lama no ventilador, aparece de tudo, as especulações vão do “professor que nunca deu uma aula”,  à aquele que “ficou rico na política”. 

Com tudo, ainda deve-se ter esperança, quem sabe os candidatos comecem a apresentar suas propostas, como por exemplo para a segurança pública, saúde, educação, ou seja para uma Barrocas cada vez melhor. Que tenhamos muita sorte! 

@ Nossa Voz Da Redação

Sem comentários:

Enviar um comentário