quarta-feira, 7 de abril de 2021

Governador Rui Costa se declara indignado com a Anvisa diante da demora para regularização da vacina Sputnik V


Durante o 'Papo Correria', live que aconteceu na noite desta terça-feira (06), o Governador da Bahia criticou a demora da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), para autorizar a importação da vacina russa contra a covid-19, Sputnik V, pelos Estados brasileiros, especialmente do nordeste que já até assinaram contrato com o fornecedor. 

“A Anvisa convidou os governadores do Nordeste e do Norte do país para uma reunião e todos, assim como eu, estavam com uma grande expectativa de que ela fosse anunciar a autorização de importação da vacina Sputnik, que nós assinamos o contrato. Depois de três horas de reunião, com muita burocracia, chega a informação de que eles (Anvisa) vão precisar ir na Rússia para poder saber se autoriza ou não a vacina”, lamentou o governador Rui Costa.

Inconformado com a situação o governador afirmou que poderá acionar o STF: “Se for necessário, a Bahia, em conjunto com os outros Estados, irá ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conseguir a liberação para importação da vacina”. Ao falar das medidas restritivas implantadas através dos decretos estaduais, o governador exaltou as melhorias conquistadas com o 'lockdown': “Quando iniciamos essas medidas mais duras, tínhamos cerca de 20 mil casos ativos na Bahia e hoje estamos com 13.800. É um número ainda muito alto de contaminação, mas representa uma queda expressiva", destacou o mandatário baiano. 

@ Nossa Voz por Kauã Sherman

Sem comentários:

Publicar um comentário