quarta-feira, 26 de março de 2014

Barroquense Elaine Santana é aprovada em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, a melhor do estado e entre as melhores do país.

O Jornal @ Nossa Voz manteve contato com a Barroquense Elaine Santana que foi aprovada em Medicina pela UFBA Universidade Federal da Bahia, Medicina é considerado o curso mais concorrido do país em todas as instituições de ensino que o ofertam, pó isso é preciso prestigiar e reconhecer essa conquista de Elaine, que também é de Barrocas. Confiramos seu depoimento que conta como tudo aconteceu. Desde já PARABÉNS ELAINE!! 

Quando se tem um sonho, é necessário foco, determinação e muita fé para concretizá-lo. Quem me acompanhou esses últimos anos sabe o quanto batalhei para esta conquista. As dificuldades sempre surgiram, mas não foram empecilhos de seguir em frente, em todo o tempo tive Deus como minha grande fortaleza, minha família que me apoiou em todos momentos e grandes amigos que estiveram presentes em minha vida.

Desde a infância eu carregava esse sonho comigo de um dia cursar medicina e quando concluí o ensino médio eu vi essa oportunidade ao passar no Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (BI Saúde). Este é um curso novo em algumas universidades, cujo propósito é oferecer ao aluno um olhar amplo da universidade articulando conhecimentos e saberes entre as diversas áreas, logo após, o estudante ingressa para seu curso específico. O BI Saúde me proporcionou experiências únicas e uma visão interdisciplinar no campo da saúde que foram capazes de desenvolver o olhar humanístico e me capacitar para atuar em um Sistema de Saúde. Agora começa um novo ciclo na minha vida, após concluir o BI, realizo o meu sonho de cursar medicina e me sinto muito feliz e realizada por todo o esforço e renúncia.

Aos que sonham em cursar uma faculdade, penso que não devem desistir e pior se acomodar, mas sim lutar pelos seus sonhos. Nada conseguiremos se ficarmos parados! Sabemos que a educação no nosso país não é uma das melhores, principalmente nas escolas públicas, mas não devemos nos limitar a isso. Pra quem deseja ir além, deve-se permitir novos aprendizados buscando em outros espaços novos conhecimentos, sendo curiosos e críticos, desta forma conquistarão seus méritos. “O homem, como um ser histórico, inserido num permanente movimento de procura, faz e refaz o seu saber.” (FREIRE, 1992).

Da Redação - Colaboração Antonio Zacarias Batista

Sem comentários:

Enviar um comentário