domingo, 16 de março de 2014

Barrocas: Por que amamos tanto essa terra?


Contando os minutos, em breve estaremos comemorando os 14 anos da emancipação política de Barrocas, cidade que se destaca na região do sisal, por seu desenvolvimento, riquezas e belezas, mas principalmente por seu povo alegre, feliz, acolhedor, trabalhador e que por amar demasiadamente essa cidade, se dedica para a tornar cada dia melhor para se viver.O barroquense tem verdadeira paixão por Barrocas, então resolvemos buscar entender o porquê de tanto carinho perguntando; Porquê amamos tanto essa terra?

Jose Eclecio Queiroz da Silva, 45 anos Vereador.


Cada dia que passa se aproxima o dia tão esperado por mim e por todos os Barroquenses, é grande a minha expectativa, a mesma se da, pois um dos meus grandes amores está perto de completar mais um ano de vida, ou melhor, de crescimento. 

O meu amor por esta terra não diminui, ao contrario, só aumenta. Por onde ando tenho orgulho de falar que sou Barroquense, cada rua, cada esquina que ando trago recordações, por sinal as melhores possíveis. Lembro-me do meu Pai, da minha Mãe, em fim de todos os meus parentes que se enraizaram e graças a eles consequentemente também me enraizei. Jamais me esquecerei do tempo de açougueiro, dos babas na baixa de Joanizio, no fundo das escolas e também no atual campo municipal, das festas na antiga e inesquecível discoteca, no antigo Clube Social, do tradicional São João, das amizades que carrego até hoje, dos apelidos, das brincadeiras e também das paqueras. Tempo que brincávamos na paz, ou melhor, sem nenhuma maldade. Foi nesse tempo e nessa terra que conheci o meu grande amor e com ela construir minha família, sempre fiz e farei questão de ensinar para meus amados filhos que não a lugar melhor que esse. Devo tudo a Barrocas. 

Logo cedo tive que viajar, como se diz ganhar o Trecho, local esse que por sinal tenho orgulho de dizer que passei, porém levava comigo um único objetivo, que era conquistar alguma coisa para enfim voltar definitivamente pra o local que tanto amo. Passei 12 (Doze) anos fora, contudo não passei mais de 1 (Um) ano sem visitá-la, pois não conseguia, era impossível. Além do mais, o meu corpo estava longe, porém o meu coração nunca se desgrudou dessa terra. Por sinal, andei por muitos estados, muitas cidades, contudo, nenhuma tem um povo tão acolhedor e hospitaleiro como o do nosso município.

Após minha estabilidade, como sonhado graças a Deus voltei e não mais sair. Montei meu pequeno comercio e logo após ingressei na política com vários objetivos, os principais eram continuar ajudando a população, ou melhor, meus irmãos não de sangue, mas sim de coração, alem de buscar o desenvolvimento desta terra. Parabéns Barrocas, 14 anos de progresso !!!

"A terra natal, mesmo que seja uma aldeia, é sempre o paraíso do mundo." (Machado de Assis).

Nesta segunda-feira, outros cidadãos e cidadãs barroquenses falarão sobre esse terra linda.

@ Nossa Voz - Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário