terça-feira, 4 de março de 2014

Barroquense foi encontrado morto na Baixada Fluminense – Rio de Janeiro.

O barroquense Neilson Jesus Santos 29 anos, natural do Povoado de Baraúna do Rumo, atualmente vivendo e trabalhando no Rio de Janeiro, desapareceu no domingo dia (2), familiares e amigos preocupados saíram à procura do Carpinteiro, mas não o encontraram.

Na segunda-feira um rapaz encontrou um short que seria de Neilson, às margens do Rio Gandú na Baixada Fluminense, próximo ao local onde ele morava, aumentando a tensão dos barroquense que lá estão. Logo os bombeiros iniciaram as buscas, mas o trabalho foi suspenso às 18 horas sem sucesso.

Na manhã desta terça-feira antes mesmo da retomada das buscas a família recebeu a informação de que o corpo do Barroquense havia sido encontrado às margens do Rio, com três perfurações. 

Conversamos com barroquenses que se encontravam na Delegacia de Polícia, segundo informações havia três perfurações no corpo, inicialmente acredita-se tratar-se de ferimentos provocados por arma branca (tipo faca).

Nielson era um homem tranquilo, não se envolvia em confusões, um trabalhador que deixa uma companheira que há cerca de quatro meses deixou Barrocas para viver com ele no Rio de Janeiro, e uma filha de 2 anos.

“O sentimento aqui é de medo, muito medo, pois estamos longe de casa” disse um primo da vítima que juntamente com outros barroquenses se encontravam na Delegacia aguardando a liberação do corpo para seguirem para a Bahia.

Na comunidade de Baraúna do Rumo Zona Rural de Barrocas o clima é de tristeza, uma prima de Neilson disse que a mãe do rapaz tem chorado muito; “estamos todos tristes, ele era uma pessoa boa demais” falou a jovem.

@ Nossa Voz

Sem comentários:

Enviar um comentário