quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Barrocas também terá mobilização contra Jair Bolsonaro no sábado dia 29


Assim como em várias outras cidades brasileiras, no pequeno município de Barrocas, localizado no Território do Sisal, haverá mobilização contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Segundo os organizadores, o movimento nacional (#EleNão), iniciado principalmente por mulheres, acontece em defesa da democracia, em protesto contra as declarações e posicionamentos homofóbicos, racistas, machistas e misóginos, além do discurso de ódio e incitação da violência por parte do candidato e de parcela dos seus seguidores.

Atrizes e cantoras estão aderindo ao movimento que ganha força através das redes sociais. Em Barrocas um grupo de whatsapp foi criado com o objetivo de discutir e planejar a atividade que acontecerá no sábado dia 29, com concentração às 15 horas no Posto Ipiranga, na entrada da cidade.
Algumas das atrizes que aderiram ao #EleNão - Imagem Reprodução
Segundo o 'Observatório da Imprensa', a consciência coletiva que emergiu das redes já reuniu milhares brasileiras através do grupo “Mulheres Unidas contra o Bolsonaro”. Além do Facebook, o Instagram, Twitter e o Whatsapp também têm sido amplamente utilizados para conclamar manifestações em vários lugares do país, agindo como instrumento de mobilização social em defesa de igualdade, frente aos discursos de ódio do candidato do PSL.

Outros municípios de região, a exemplo de Serrinha e Conceição do Coité também terão atividades no dia 29. 


@ Nossa Voz

Sem comentários:

Enviar um comentário