segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Barrocas: Treinão ganhou status de prova e fez a cidade relembrar os bons momentos do Motocross, com sergipanos e baianos na disputa

Marcos Panilha - Foto Mickael Santos

Neste domingo dia (23), o pequeno município de Barrocas, terra do Matheus Lama, voltou a receber pilotos das diversa cidades baianas e de Sergipe, no Circuito Dany Cross, onde o público vibrou e se emocionou a cada largada nas categorias com motos importadas e nacionais.

Pensando em reviver os bons tempos do Motocross de Barrocas, Danilo Nogueira e a equipe Dany Cross, resolveram convidar os amigos para o 1° Treinão de Barrocas. Muitos deles compareceram e a 'brincadeira' ganhou status de prova oficial, contando com grandes nomes do motociclismo nordestino, como Rodrigo de Andrade Lama, sergipano Campeão Brasileiro que comanda o nordeste na principal categoria a MX1, além do também Sergipano Tony Mello e dos baianos Kinho Bala e pequeno grande piloto João Tampinha de apenas 12 anos, que conquistou o público presente com saltos radicais. Cerca de 50 pilotos participaram da prova que começou na manhã do domingo, e se estendeu durante todo o dia.

Largada - Foto: Kauã Sherman
A cada largada uma emoção, principalmente quando entre os competidores haviam barroquenses disputando as primeiras posições do pódio.

Rodrigo Ratoeira - Foto: Mickael Santos
A cidade esteve no lugar mais alto do pódio nas categorias Trilheiros, com Athos Alexandre que fez o Holeshot, e seguiu liderando até receber a bandeirada, já na Amador o campeão foi Rodrigo Ratoeira que travou um duelo emocionante com o sergipano Yuri Morceguinho, conseguindo a ultrapassagem na última volta.

João Tampinha - Foto: Victor Santos
Na categoria Junior, o piloto baiano João Tampinha mostrou novamente uma boa 'tocada' liderou de ponta à ponta e se consagrou o melhor entre os demais. Na mirim, com pilotos a partir de 4 anos, o campeão foi o teofilandense Rodrigo, em segundo ficou o pequeno Carlos Augusto.

Gil da Favi Campeão da Open Nacional - Foto: Kauã Sherman
Na Open Nacional, a briga foi bonita entre o piloto Caçuleta de Euclides da Cunha e o serrinhense Gil da Favi, os dois se alternaram na liderança, mas quem recebeu a bandeirada na frente, foi o piloto de Serrinha.

Quem dominou na categoria Intermediária foi o piloto Igor Gaspar, tendo o serrinhense Berg chegado forte na segunda posição.

Sergipano Tony Mello Campeão da Nacional Pro
No duelo entre os melhores pilotos com motos nacionais, Matheus Lama largou na frente mas logo foi ultrapassado pelo sergipano Tony Melo, o destaque da categoria ficou com ele. O piloto de Itabaiana disparou na frente e deixou a disputa pala 2ª colocação entre o serrinhense Gil da Favi, e o barroquense Matheus Lama. Os dois travaram duelos emocionantes mas quem se deu melhor foi o experiente Gil.

Rodrigo Lama  piloto Trato Graphics - Foto: Victor Santos
Na principal categoria, a Especial Importado (MX1), quem fez a primeira curva liderando foi o baiano Kinho Bala, ele foi soberano durante algumas voltas, mas acabou caíndo, e o Campeão Brasileiro Rodrigo Lama que já pressionava, assumiu a liderança e fez o publico presente delirar com belos manobras nos saltos. Kinho se recuperou e finalizou em segundo.

Quem dominou a prova nas categorias MX2 e MX3 foi o Baiano Marcos Panilha, ele venceu bem nas duas baterias que foram bastante equilibradas.

Piloto Marcos Panilha concedendo entrevista pra o JNV
O piloto da Avanço Distribuidora, o Zé Maria de Feira de Santana, andou muito e comandou a  disputa da categoria MX4,  a segunda posição ficou com o piloto Delly.

"Eu só tenho que agradecer, e são muitos os que merecem os nossos agradecimentos. A cada um dos pilotos que vinheram, a direção da prova, aos meninos da nossa equipe, ao público que veio assistir e a minha família.  Agradeço aos comerciantes parceiros que apoiaram, mas especialmente quero dizer obrigado a Almir de Maciel e a Tita de Roque, pois foi através deles que conseguimos recuperar a pista, e assim promover nosso evento que pelo sucesso, já me anima em voltar a fazer uma prova oficial. Será preciso muito mais, porém estou confiante e vou lutar por isso" afirmou o organizador Danilo Nogueira. 


O evento teve cobertura do Jornal A Nossa Voz e narração de Theba Cross, mais detalhes na Reportagem que sai na sexta-feira dia (28).

Apoiadores e Patrocinadores: Almir de Maciel, Tita de Roque, Kekeu de Daozinho, Cenir do Ouricuri, Mercadinho Estrela, TR Design, MasToldos, Nutrição Saúde, Sacé Tratores de Aluguel, Comercial Lopes, Posto Brasil, Tizil Moto Peças, Agnaldo Motos, Madeco, Matheus Serralheiro, Lanchonete Come Come, DanyCross Equipamentos Off Road, Bike Center, Nunes Auto Peças, Center Net, JN Carpintaria, Trato Graphics, Milsystem, Zé de Maú, Toldos GSE e Supermercado Doce Vida.


@ Nossa Voz Esportes - Por Rubenilson Nogueira com comentários de Kauã Sherman

Sem comentários:

Enviar um comentário