terça-feira, 10 de maio de 2016

Construção Civil: Após anos de trabalho na mesma empresa, barroquense se despede dos colegas e amigos.

 Atualmente o Encarregado, se encontra no Rio de Janeiro em uma nova empresa.
O experiente encarregado geral, Jose Augusto Oliveira, natural de Barrocas, construiu uma reputação ilibada em uma das maiores empresas de construção civil pesada do país, a Paransa - engenharia e comércio S/A.

Depois de quase 8 anos na empresa, trabalhando nos últimos anos a milhares de quilômetros da sua terra natal, no dia 6 de maio através do Facebook o profissional anunciou a despedida. A exemplo de outros barroquenses, José Augusto estava a 1478 Km de Barrocas, mas nunca deixa de pensa na sua cidade, nos amigos e familiares que ficaram por aqui.

"Hoje foi meu dia de mi despedir dos companheiros de serviço e amigos da Paranasa foram quase 8 anos de desafios conhecimento boas amizades" (sic), escreveu. A obra contou com mais de 1 bilhão em investimento e foi dividida em duas etapas, a primeira a instalação de uma planta de moagem e a segunda uma fábrica de cimento.

Casado e pai de uma menina e um menino, José Augusto deixou o pequeno município no interior da Bahia rumo 'às Minas Gerais', destino uma obra em Arcos, centro-oeste mineiro. Através dele centenas de barroquenses também tiveram a oportunidade de contribuir com a empresa. No seu post publicado no dia 6 de maio, não faltaram elogios e agradecimentos; "Boa sorte Zé vc é gente boa merece todo o respeito da piaozada" (sic) escreveu um colega. "valew mestre muito bom trabalhar c vc um ser humano ímpar" (sic). Ainda em sua publicação, o barroquense escreveu; "Só tenho a agradecer a Deus por ter mi concedido esse privilégio e a todos que conheci nessa trajetória obrigado obrigado!"(sic). 



Mesmo com a pequena população de aproximadamente 15 mil habitantes, o celeiro de profissionais naturais de Barrocas, atuando na área da construção civil põe o município em destaque, desde engenheiros, mestres, contra-mestres, encarregados e demais profissões, a atuação do barroquense é valorizada nos maiores canteiros de obra do Brasil e de algumas regiões do mundo. 


@ Nossa Voz - Por Victor Santos e Rubenilson Nogueira - Fotos Reprodução

Sem comentários:

Enviar um comentário