sexta-feira, 27 de maio de 2016

No nordeste em tempo de chuva até na cidade se planta

Seu José Raimundo usou o quintal para plantar milho e feijão / Foto Whatsapp
Mesmo morando na cidade, o sertanejo é do campo, homens que nunca se esquecem das suas origens, esperar pelo bom tempo é o que fazem durante toda a vida e quando a chuva vem, lá estão eles trabalhando a terra, cavando as covas rasas e semeado as sementes.

Foi o que fez o senhor José Raimundo de Oliveira, 56 anos, que atualmente mora na Rua Antônio Alves de Queiroz, no bairro da Estação em Barrocas. José que é natural de Conceição do Coité, morou no Povoado de Coalhada Zona Rural de Barrocas, lá aprendeu a labutar na roça. 


Seu José Raimundo conhecido como Dê, já na primeira chuva no início do mês, feliz com a terra molhada, não teve dúvida, pegou a enxada e fez do seu quintal uma roça, depois de limpar e cavar os buracos, ele com a ajuda do netinho logo espalharam as sementes de milho. 

O milho brotou e como voltou a chover deverá se desenvolver, mas seu José já plantou outra vez, agora semeou feijão entre as covas de milho, e colheita promete.

Nas pequenas ou nas grandes cidades, o sertanejo da sempre um jeitinho se preservar costumes.

@ Nossa Voz Por Rubenilson Nogueira

Sem comentários:

Enviar um comentário