quinta-feira, 2 de março de 2017

Barrocas: Fiéis lotam Igreja Matriz para a Missa da Quarta-Feira de Cinzas que marcou inicio da Quaresma

;
Fotos: Daniele Oliveira
Na quarta-feira (01), foi celebrada na Igreja Matriz de Barrocas a Missa da Quarta-Feira de Cinzas. A celebração marcou o inicio da quaresma para os Cristãos Católicos.

O Padre Evandro Andrade iniciou a missa às 19:30 com a igreja lotada pelos fiéis. A Quaresma lembra os 40 dias em que Jesus Cristo esteve no deserto em oração, sem se alimentar, resistindo a todas tentações e em comunhão com o pai para poder seguir a sua missão.

Quaresma é o período do ano litúrgico que antecede a Páscoa cristã, sendo celebrado por algumas igrejas cristãs, dentre as quais a Católica. A imposição das cinzas é de extrema importância para os cristãos, é o tempo de preparação, oração e penitência para a páscoa.


"São 40 dias para para refletir e consertar o caminho se por ventura algo estiver errado, são 40 dias de oração, jejum, penitência e caridade para ficar mais próximo do pai, e assim , fazer a vontade dele".

Após a homilia, o celebrante abençoou as cinzas, que provêm da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior, aspergindo água benta sobre elas. Com as cinzas, o padre, então, marca a testa ou a cabeça de cada fiel, pronunciando uma dessas frases: “Lembra-te que és pó e que ao pó voltarás” ou “Convertei-vos e crede no Evangelho”.



A imposição das cinzas também é um modo catequético de iniciar a quaresma; "A cinza na bíblia é bem simbólica, é para lembrar da nossa humildade, da nossa fragilidade, porque vivemos num mundo cheio de pessoas arrogantes que querem ser melhor do que os outros. A cinza é para lembar que do pó nós viemos, e ao pó voltaremos, e que é para alimentar a humildade no coração de cada cristão", explicou o Padre Evandro.

Em reflexão o padre também alertou que; "A quaresma nos pede três práticas; a 1ª é o jejum, que é para nos lembrar melhor das nossas limitações, a 2ª é a oração, para nos ligar mais com o pai, e a 3ª é a caridade, para abrirmos o coração para as pessoas que mais precisam. Então, com o jejum, a oração e a caridade, a gente vive plenamente o tempo da quaresma".


Padre Evandro
O Padre também falou sobre o tema da campanha da fraternidade que em 2017 reflete sobre o meio ambiente e sugere uma visão global das expressões da vida e dos dons da criação. O tema da campanha neste ano é “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”, com o lema “Cultivar e guardar a criação”. 


@ Nossa Voz - Por Daniele Oliveira

Sem comentários:

Enviar um comentário