segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Território do Sisal: Complexo eólico será implantado em Tucano, Araci e Biritinga.

Foto: Maristela Crispim
O primeiro complexo eólico na região Nordeste da Bahia será implantado entre os municípios de Tucano, Araci e Biritinga, com o início da obra previsto para Outubro. A empresa AES Tietê estima investir R$ 1,3 bilhão na primeira fase de construção dos parques, com capacidade instalada de 322 Megawatts (MW). Será gerado aproximadamente cerca 500 empregos diretos, dando oportunidade a localidade, gerando mais fonte de renda para os baianos.

Além do pioneirismo na região, de acordo com a empresa, o parque terá as maiores turbinas já instaladas no país em potência e tamanho. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), tem apoiado institucionalmente a implantação do empreendimento.

“A Bahia já se consolidou como a terra dos bons ventos. Saber que passaremos a produzir energia a partir da fonte eólica onde até então nem poderíamos imaginar que seria possível, é uma grata surpresa. Teremos novos municípios beneficiados pela força das energias renováveis. A SDE desempenha um papel de articulador com objetivo de melhorar os processos autorizativos que impactam no prazo e até na viabilidade dos empreendimentos eólicos.” Afirma o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

Por Ana Clara Santos - Informações: Ascom SDE

Sem comentários:

Publicar um comentário